Menu
2020-10-29T08:00:11-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
BALANÇO

Consumo de cerveja no Brasil puxa receita e Ambev supera projeções no 3º trimestre

Lucro líquido cai 9% por conta de despesas financeiras, mas fica acima das expectativas do mercado; volume de vendas consolidado cresce 12%

29 de outubro de 2020
7:55 - atualizado às 8:00
Ambev
Imagem: Tasso Marcelo/Estadão Conteúdo

A Ambev anunciou nesta quinta-feira (29) que registrou no terceiro trimestre um lucro líquido de R$ 2,2 bilhões, queda de 9% em relação aos R$ 2,5 bilhões apurados no mesmo período de 2019.

Mesmo recuando por conta do forte crescimento das despesas financeira, o resultado veio acima da média das estimativas de analistas ouvidos pela Bloomberg. A expectativa era de um lucro de R$ 1,3 bilhão no período.

A receita, por sua vez cresceu 30,5%, para R$ 15,6 bilhões, também ficando acima do esperado pelo mercado, de R$ 10,5 bilhões. O faturamento foi beneficiado pelo crescimento de 12% do volume de vendas, puxado pelo avanço de 20% no Brasil.

Segundo a companhia, a alta das vendas no País foi puxada por iniciativas comerciais próprias, como oferecer serviço de entrega em domicílio aos consumidores, a adaptabilidade do calendário de preços e o efeito positivo do auxílio emergencial do governo federal. Estes fatores ajudaram a compensar a queda nas vendas a bares e restaurantes.

A Ambev informou que também teve ganhos em termos de volume em suas operações internacionais, com os países em que atua apresentando melhorias sustentadas a partir do segundo trimestre, à medida em que as restrições impostas para combater a pandemia de covid-19 foram gradualmente flexibilizadas.

“O terceiro trimestre da Ambev foi marcado pela contínua recuperação em formato de “V” impulsionada pela estratégia comercial da companhia, à medida em que inovação, flexibilidade e excelência operacional ganharam momentum”, diz trecho do relatório da empresa.

O bom desempenho das vendas resultou em um lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado – que exclui itens como participação de não controladores e nos resultados de coligadas – de R$ 5 bilhões, alta de 15%.

Mesmo assim, a parte operacional também apresentou algumas questões. A margem bruta caiu de 56,3% para 52,4%, enquanto a margem Ebitda recuou de 36,9% para 32,5%, levemente acima do esperado (32%).

No período, a Ambev viu um aumento de 26,6% do custo dos produtos vendidos, devido principalmente às pressões inflacionárias na Argentina, taxas de câmbio desfavorável para compra de insumos e custos com embalagens.

Já a despesa financeira líquida cresceu 3,7 vezes, para R$ 1,1 bilhão. Parte é explicado pela distorção provocada pelo ganho provocado pela exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins no ano passado, mas a Ambev também viu um aumento das despesas com juros e das perdas com instrumentos derivativos, em parte provocada por custo de carrego de hedges cambiais vinculados à exposição na Argentina.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

capítulo final

Acionistas da Klabin aprovam acordo para encerrar pagamentos para uso da marca

Dona da marca que dá nome à empresa, Sogemar será incorporada, em acordo que envolve repasse de ações

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 171 mil mortes e 6,2 milhões de casos acumulados

Nas últimas 24 horas foram apurados 37.614 diagnósticos positivos para a doença e 691 óbitos, diz Ministério da Saúde

setor em crescimento

Magalu, Via Varejo ou B2W: quem ganha na disputa pelas vendas na Black Friday?

As três gigantes do comércio eletrônico devem crescer forte na Black Friday da quarentena, depois de um ano marcado pelo avanço do online

Sextou com o Ruy

Por que o mercado só fala em rotação das carteiras (e o que você deveria fazer)

A resposta me parece ser ter uma carteira balanceada, com boas companhias que conseguirão sobreviver a novos lockdowns caso eles aconteçam, e também com empresas ligadas à tecnologia

atenção, acionista

Itaú Unibanco anuncia pagamento de juros sobre capital próprio

Segundo a empresa, os valores serão pagos com base na posição acionária do dia 10 de dezembro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies