Menu
2020-07-29T17:45:05-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Parcelamento em 15 anos

BR Distribuidora fará aporte de R$ 150 milhões no fundo de pensão Petros

A companhia também anunciou o cumprimento da exigência do novo plano de equacionamento de débito do fundo de pensão

29 de julho de 2020
9:55 - atualizado às 17:45
BR distribuidora
BR distribuidora - Imagem: Divulgação

A BR Distribuidora disse nesta quarta-feira (29) que assinou negociação com o fundo de pensão Petros para fazer um aporte de R$ 150,1 milhões, parcelado em 15 anos, com carência até 31 de dezembro de 2020.

Além disso, anunciou a celebração de um instrumento de garantia no valor de R$ 342,2 milhões para cumprir exigência do novo plano de equacionamento de débito.

O valor será corrigido pela meta atuarial, calculada anualmente segundo premissas dos Plano Petros, adicionado de juros e opção de pré-pagamento, informou a companhia.

Além disso, o plano de equacionamento de débito do Plano Petros (que reúne os Planos Petros do Sistema Petrobras Repactuados e Não Repactuados) exige a constituição de garantia às obrigações da empresa, resultando na emissão de notas promissórias em R$ 342,2 milhões.

"Ressaltamos que as alterações ocorridas nos regulamentos dos Planos ensejarão uma reavaliação atuarial intermediária, cujos resultados ainda não previstos serão registrados no 2T20", disse a BR Distribuidora.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Fechamento

Dólar sobe, Eletrobras fecha em queda no exterior e ações de tecnologia sustentam alta de índices nos EUA

Renúncia de Ferreira Junior ao cargo de presidente da estatal brasileira afeta confiança dos investidores na privatização; S&P 500 e Nasdaq fecham em alta

SD PREMIUM

Segredos da bolsa: Ata do Copom é destaque em meio à preocupação com covid-19 e cenário fiscal

A queda do EWZ, o principal fundo de índice com ações brasileiras em Nova York, indica uma reabertura no vermelho para o Ibovespa na volta do feriado

Futuro da estatal

‘Temos dentro da Eletrobras profissionais capazes de me suceder’, diz Wilson Ferreira

Após deixar presidência, Wilson Ferreira responde se há conflito de interesse ao se manter no conselho da Eletrobras e, ao mesmo tempo, presidir a BR Distribuidora

Expectativas

Novo presidente da Eletrobras (ELET3) deve dar prioridade à privatização, diz Caio Megale

Após saída de Wilson Ferreira, analista afirma que ‘a privatização da Eletrobras tem sua importância pela sua situação atual e pelo seu grau de maturidade (para ser privatizada)’

Reformas

‘Vamos limpar a pauta, destravando o horizonte de investimentos’, diz Paulo Guedes

Ministro prometeu que o governo não irá aumentar impostos e reforçou que a atividade está se recuperando em ‘V’

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies