Menu
2020-07-29T17:45:05-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Parcelamento em 15 anos

BR Distribuidora fará aporte de R$ 150 milhões no fundo de pensão Petros

A companhia também anunciou o cumprimento da exigência do novo plano de equacionamento de débito do fundo de pensão

29 de julho de 2020
9:55 - atualizado às 17:45
BR distribuidora
BR distribuidora - Imagem: Divulgação

A BR Distribuidora disse nesta quarta-feira (29) que assinou negociação com o fundo de pensão Petros para fazer um aporte de R$ 150,1 milhões, parcelado em 15 anos, com carência até 31 de dezembro de 2020.

Além disso, anunciou a celebração de um instrumento de garantia no valor de R$ 342,2 milhões para cumprir exigência do novo plano de equacionamento de débito.

O valor será corrigido pela meta atuarial, calculada anualmente segundo premissas dos Plano Petros, adicionado de juros e opção de pré-pagamento, informou a companhia.

Além disso, o plano de equacionamento de débito do Plano Petros (que reúne os Planos Petros do Sistema Petrobras Repactuados e Não Repactuados) exige a constituição de garantia às obrigações da empresa, resultando na emissão de notas promissórias em R$ 342,2 milhões.

"Ressaltamos que as alterações ocorridas nos regulamentos dos Planos ensejarão uma reavaliação atuarial intermediária, cujos resultados ainda não previstos serão registrados no 2T20", disse a BR Distribuidora.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Exclusivo SD Premium

Segredos da bolsa: O cachorro louco segue à solta nos mercados

Agenda repleta de balanços corporativos e indicadores econômicos importantes no Brasil, na China, nos EUA e na Europa promete deixar os investidores com os nervos à flor da pele esta semana

Balanço

Saudi Aramco vê lucro cair 73,3% com menor demanda e queda do preço do petróleo

Estatal saudita lucrou apenas US$ 6,6 bilhões no segundo trimestre, em razão de crise desencadeada pela pandemia de coronavírus

Para bater a renda fixa

Queda na bolsa no mês de julho deixou retorno dos fundos imobiliários mais atrativo

Para analistas do Banco Inter, queda dos FII em julho foi apenas um ajuste; com juro baixo e preço menor, rentabilidade potencial cresceu

O tamanho da conta

Conta da pandemia chega a R$ 700 bilhões

Segundo levantamento do Estadão, pandemia deve custar isso só em 2020, o equivalente a quase 10% do PIB e a R$ 3,3 mil para cada brasileiro. Quantia seria suficiente para pagar o Bolsa Família por 21 anos

Canetada

Trump assina quatro decretos com estímulos à economia

Diante do fracasso das negociações entre republicanos e democratas para novo pacote de ajuda trilionário, presidente americano partiu para a canetada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements