Menu
2020-07-29T17:45:05-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Parcelamento em 15 anos

BR Distribuidora fará aporte de R$ 150 milhões no fundo de pensão Petros

A companhia também anunciou o cumprimento da exigência do novo plano de equacionamento de débito do fundo de pensão

29 de julho de 2020
9:55 - atualizado às 17:45
BR distribuidora
BR distribuidora - Imagem: Divulgação

A BR Distribuidora disse nesta quarta-feira (29) que assinou negociação com o fundo de pensão Petros para fazer um aporte de R$ 150,1 milhões, parcelado em 15 anos, com carência até 31 de dezembro de 2020.

Além disso, anunciou a celebração de um instrumento de garantia no valor de R$ 342,2 milhões para cumprir exigência do novo plano de equacionamento de débito.

O valor será corrigido pela meta atuarial, calculada anualmente segundo premissas dos Plano Petros, adicionado de juros e opção de pré-pagamento, informou a companhia.

Além disso, o plano de equacionamento de débito do Plano Petros (que reúne os Planos Petros do Sistema Petrobras Repactuados e Não Repactuados) exige a constituição de garantia às obrigações da empresa, resultando na emissão de notas promissórias em R$ 342,2 milhões.

"Ressaltamos que as alterações ocorridas nos regulamentos dos Planos ensejarão uma reavaliação atuarial intermediária, cujos resultados ainda não previstos serão registrados no 2T20", disse a BR Distribuidora.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Vai ter Renda Cidadã?

Maia propõe cronograma para votações

Segundo Maia, a crise “está muito mais perto, o prazo é curto e não se tomou a decisão até agora do que fazer”.

Em alta

Ação da Eztec reage bem a projeções divulgadas pela empresa

Com previsão de lançamentos entre R$ 4,0 bilhões e R$ 4,5 bilhões para 2020 e 2021, construtora se mostra otimista e analistas também; ação continua em alta após prévias operacionais fortes

Devolução de recursos

Devolução do BNDES e da Caixa é exatamente a que estava sendo feita, diz Tesouro

Nas contas do Tesouro, para que o País volte a ter o patamar de dívida do pré-pandemia, seria necessária geração de superávits primários médios em 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) até o ano de 2030

CONSEQUÊNCIA DA CRISE

Varejo deve contratar quase 20% menos trabalhadores no Natal ante 2019, diz CNC

Principal data comemorativa do varejo, o Natal deve movimentar R$ 37,5 bilhões em vendas em 2020

Agora vai?

Pelosi: Tenho esperança de que cheguemos a acordo por pacote antes das eleições

No domingo, a democrata havia estabelecido um prazo de 48 horas, que terminaria na terça, para que um acordo fosse fechado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies