Menu
2020-06-23T19:29:32-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
AUTORIZAÇÃO PRÉVIA NECESSÁRIA

BC manda suspender sistema de pagamentos e transferências por WhatsApp

O Banco Central determinou a Visa e Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo

23 de junho de 2020
18:59 - atualizado às 19:29
whatsapp
Imagem: Shutterstock

O Banco Central afirmou que suspendeu o sistema de pagamentos e transferências por meio do WhatsApp, ressaltando que a nova solução dependerá de autorização prévia da instituição, de acordo com nota.

O BC informou que, como reguladora e supervisora das formas de pagamento, determinou à Visa e à Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo.

De acordo com a autoridade monetária, a razão para a decisão é a preservação do adequado ambiente competitivo. Isso envolve assegurar o funcionamento de um sistema de pagamentos "interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato"a.

A opção por pagamentos via WhatsApp no Brasil foi anunciada em 15 de junho. A novidade logo mexeu com as ações da Cielo na ocasião, já que o Facebook — dono do aplicativo — escolheu a empresa para a empreitada.

A determinação do BC permitirá à entidade a avaliação de eventuais riscos dessa solução para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

"O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do Regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados", diz a nota.

Descumprimento resultará em multa cominatória, além da apuração de responsabilidade em processo administrativo, completa o BC.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Decisão cautelar

TCU proíbe governo Bolsonaro de anunciar em sites que exerçam atividades ilegais

Indícios de irregularidades na veiculação de propagandas do governo federal levaram o TCU a tomar a decisão cautelar, concedida pelo ministro Vital do Rêgo

PGR

Aras recomenda a Guedes mais transparência em gastos no combate à pandemia

A pedido de procuradores do MPF-PE, o procurador-geral da República, Augusto Aras, enviou recomendações para Guedes dar transparência aos gastos federais

Setor em destaque

Estatais de saneamento querem flexibilizar regras para contratar empréstimos

Com regras mais fáceis para a entrada do setor privado, as estatais de saneamento querem que a concessão de empréstimos ao segmento seja menos rigorosa

Preocupação ambiental

Para empresários, discurso do governo sobre desmatamento mudou

Após reunião com o vice-presidente Hamilton Mourão, empresários parecem satisfeitos quanto aos compromissos firmados pelo governo a respeito do desmatamento

O melhor do Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: O canto da sereia

Uma matéria alertando para os riscos do day trade foi a mais lida desta semana no Seu Dinheiro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements