Menu
2020-06-23T19:29:32-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
AUTORIZAÇÃO PRÉVIA NECESSÁRIA

BC manda suspender sistema de pagamentos e transferências por WhatsApp

O Banco Central determinou a Visa e Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo

23 de junho de 2020
18:59 - atualizado às 19:29
whatsapp
Imagem: Shutterstock

O Banco Central afirmou que suspendeu o sistema de pagamentos e transferências por meio do WhatsApp, ressaltando que a nova solução dependerá de autorização prévia da instituição, de acordo com nota.

O BC informou que, como reguladora e supervisora das formas de pagamento, determinou à Visa e à Mastercard que suspendam o início das atividades ou cessem imediatamente a utilização do aplicativo.

De acordo com a autoridade monetária, a razão para a decisão é a preservação do adequado ambiente competitivo. Isso envolve assegurar o funcionamento de um sistema de pagamentos "interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato"a.

A opção por pagamentos via WhatsApp no Brasil foi anunciada em 15 de junho. A novidade logo mexeu com as ações da Cielo na ocasião, já que o Facebook — dono do aplicativo — escolheu a empresa para a empreitada.

A determinação do BC permitirá à entidade a avaliação de eventuais riscos dessa solução para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB).

"O eventual início ou continuidade das operações sem a prévia análise do Regulador poderia gerar danos irreparáveis ao SPB notadamente no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados", diz a nota.

Descumprimento resultará em multa cominatória, além da apuração de responsabilidade em processo administrativo, completa o BC.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Orçamento em foco

Presidente da Câmara defende a desvinculação total do orçamento

Arthur Lira (PP-AL) rejeita tese segundo a qual desvinculação deixaria setores essenciais sem recursos

Liminar

Tribunal de Contas de São Paulo suspende leilão de linhas da CPTM

Leilão estava previsto para a próxima terça-feira

Contra a pandemia

Câmara dos EUA aprova pacote de US$ 1,9 trilhão

Projeto de lei segue agora para o Senado

IPO registrado

Rio Branco Alimentos protocola pedido de registro de oferta pública de ações

Oferta será primária e terá como coordenador-líder o Citi, além da coordenação do Bank of America Merril Lynch e do BTG Pactual

Boleto salgado

Aneel mantém bandeira amarela em março; conta de luz continua com taxa adicional

É o terceiro mês consecutivo que o órgão regulador aciona bandeira neste patamar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies