Menu
2020-05-07T20:05:12-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Olho no balanço

B2W tem prejuízo líquido de R$ 108 milhões no 1T, em queda de 22,5%

A receita líquida totalizou R$ 1,696 bilhões no período, um crescimento de 32,3% se comparado ao mesmo trimestre do ano passado

7 de maio de 2020
20:05
varejo vendas lojas
Imagem: Shutterstock

A B2W divulgou resultados trimestrais nesta quinta-feira (7) informando um prejuízo líquido de 108 milhões, uma queda de 22,5% na base anual, no 1º trimestre de 2020.

A receita líquida totalizou R$ 1,696 bilhão no período, um crescimento de 32,3% se comparado ao mesmo trimestre do ano passado. O volume bruto de mercadorias (GMV) foi de R$ 4,558 bilhões, avanço de 27,3%.

Enquanto isso, o EBITDA Ajustado atingiu R$ 127,6 milhões, 53,3% maior do que o registrado em igual período em 2019. A margem EBITDA Ajustada subiu 1,0 ponto para 7,5% no trimestre inicial do ano.

O consumo de caixa foi de R$ 645,7 milhões, dada a sazonalidade do negócio e o aumento da cobertura do estoque, "pela aceleração do 1P e das medidas de mitigação dos efeitos da pandemia".

O caixa líquido da empresa foi de R$ 339 milhões no período, e o endividamento bruto, de R$ 6,788 bilhões. O capex totalizou R$ 165,7 milhões, representando 3,6% do GMV total.

Online to offline

Segundo o CEO da companhia, Marcio Cruz, a B2W acelerou "as iniciativas de O2O (Online to Offline), expandindo o Ship from Store (SFS) para 100% das lojas físicas da Americanas".

Essas iniciativas totalizaram R$ 530 milhões de GMV no trimestre inicial do ano, crescimento de 85%. No trimestre, houve 1,3 milhões de pedidos por meio dessas iniciativas.

O chamado "Ship From Store" acelerou e já se encontra conectado em todas lojas físicas da Americanas.

"A modalidade de entrega, que permite a compra online dos produtos da loja mais próxima com entrega em até 2 horas no endereço de desejo, apresentou crescimento de 10x no número de pedidos em relação ao 1T19", disse a B2W.

Pedidos

Houve crescimento de 35% no número de pedidos no 1T20, impulsionado pelo aumento na frequência de compra e novos clientes. "Em abr/20, tivemos uma forte aceleração, com o número de pedidos crescendo 83%", informou a empresa, que disse ter alcançado 17 milhões de clientes ativos no período.

A base de clientes ativos foi impulsionada pela adição de 2 milhões de novos clientes, nos últimos 12 meses. No trimestre, as categorias mais buscadas pelos clientes foram beleza e saúde, páscoa, esporte e lazer e entretenimento, disse a B2W.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

responsabilização

JBS aprova em assembleia ação contra irmãos Batista

Processo diz respeito a prejuízos causados por crimes revelados nos acordos de colaboração e leniência firmados pela JBS com a Procuradoria Geral da República

em live

Se necessário, voltaremos a fazer transferência do BC para o Tesouro, diz secretário

Em agosto, CMN já havia autorizado o Banco Central a repassar R$ 325 bilhões para o Tesouro Nacional

Balanço do mês

Bitcoin e dólar são os melhores investimentos de outubro; ativos de risco ficaram para trás de novo

Por pouco o Ibovespa não ficou entre os melhores investimentos do mês, mas segunda onda de coronavírus na Europa derrubou as bolsas; risco fiscal, eleições americanas e indefinição quanto a estímulos fiscais nos EUA também pesaram

seu dinheiro na sua noite

O saci à solta nos mercados

Não sei dizer exatamente quando nem quem tomou a iniciativa de importar dos países anglófonos a celebração do Halloween, o Dia das Bruxas. O fato é que desde que as crianças brasileiras começaram a sair fantasiadas pedindo doces no último dia de outubro houve uma série de tentativas de “tropicalizar” o evento. Embora não seja […]

Disparou

Dívida bruta do governo deverá encerrar o ano em 96% do PIB

Endividamento cresceu 20,2 pontos por causa de pandemia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies