Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-04-16T10:46:24-03:00
Estadão Conteúdo
desenvolvendo estratégias

Azul confirma contratação de Galeazzi e outras consultorias em meio à crise

Consultoria atuará como assessor financeiro em negociações com credores e fornecedores

16 de abril de 2020
10:45 - atualizado às 10:46
Avião Airbus A320 Neo operado pela Azul Linhas Aéreas
Avião Airbus A320 Neo operado pela Azul Linhas Aéreas - Imagem: Shutterstock

A Azul confirmou em comunicado nesta quinta-feira, 16, informação antecipada pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, de que contratou a consultoria Galeazzi e Associados em meio à crise do coronavírus. Conforme a reportagem, a consultoria atuará como assessor financeiro em negociações com credores e fornecedores.

No comunicado, a Azul diz que a empresa já vinha trabalhado no desenvolvimento de um plano estratégico de crescimento da Azul Cargo Express, e que a equipe de consultores foi contratada para "minimizar o impacto da crise do Covid-19, e que também irão ajudar a Companhia a se fortalecer e se preparar para o novo ambiente econômico após o fim da pandemia."

Outra consultoria contratada foi a Plane View Partners, para estratégia do plano de frota e no relacionamento com fabricantes e empresas de arrendamento de aeronaves. Por sua vez, os escritórios de advocacia Pinheiro Neto e TWK irão auxiliar a Azul nas negociações comerciais.

Medidas já divulgadas incluem a redução da malha da Azul, cortes salariais e um programa de licença não remunerada, que conta com adesão de cerca de 10 mil tripulantes, e a suspensão das entregas de aeronaves em 2020.

"Nos últimos 11 anos, nós criamos um sustentável modelo de negócio, que possui uma vantagem competitiva única e de longo prazo. Nosso foco agora é aproveitar ao máximo essa vantagem competitiva e otimizá-la para o mundo pós-COVID-19, para que sejamos ainda mais eficientes, flexíveis e bem posicionados para aproveitar as oportunidades futuras. Para nos ajudar nesse processo de maneira construtiva e benéfica para a Azul e seus parceiros, contratamos uma equipe de consultores especializados. Entramos nesta crise como uma das melhores companhias aéreas do mundo e nossa intenção é sair ainda mais forte. Juntamente com nossos parceiros, faremos história à medida em que continuamos a construir a melhor companhia aérea do mundo", afirmou o CFO da Azul Alex Malfitani por meio de nota.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Balanço do mês

Com alívio nos juros futuros, renda fixa atrelada à inflação é o melhor investimento de novembro; bitcoin, FII e ações ficam na lanterna

Passado o pânico com o drible do teto de gastos, queda nos juros futuros deu aos títulos com alguma parcela da remuneração prefixada espaço para se recuperar; mas ativos de bolsa continuaram sofrendo

Dia Agitado

Após receber aporte bilionário, Ânima (ANIM3) compra participação em plataforma para formação de profissionais de saúde

Através de sua controlada Inspirali, a mesma a receber o aporte mais cedo, a companhia fechou um acordo para a aquisição de 51% da IBCMED

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ômicron e Powell assustam mercados, mas criptomoedas escapam da queda; confira os destaques do dia

O fim de novembro chega carregado de expectativa para o início oficial da temporada das festas de final de ano. As tradições natalinas podem variar de família para família, mas algumas coisas são universais — como as retrospectivas pessoais e a presença do clássico “Então é Natal”, da cantora Simone, em quase 100% dos lares […]

Natal antecipado

Dividendos: Blau Farmacêutica (BLAU3) vai distribuir juros sobre o capital próprio (JCP); confira o valor por ação

A ‘data de corte’ para os proventos, que devem cair na conta dos acionistas em 15 de dezembro, é na próxima sexta-feira (3)

FECHAMENTO DOS MERCADOS

PEC dos precatórios caminha e limita queda do Ibovespa, mas índice fecha novembro no vermelho; dólar vai a R$ 5,63

A nova variante do coronavírus e o posicionamento do Fed diante das ameaças amargaram o humor dos investidores no exterior, mas o Ibovespa conseguiu se segurar nos 100 mil pontos com o noticiário político

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies