Menu
2020-02-06T19:21:58-03:00
Estadão Conteúdo
Ora, pois!

Azul celebra acordo de cooperação comercial com a aérea portuguesa TAP

Operação foi aprovada pelos acionistas da Azul no dia 9 de dezembro e será submetida para aprovações regulatórias

6 de fevereiro de 2020
19:21
Avião da Azul
Imagem: Shutterstock

A Azul informou que celebrou um acordo de cooperação comercial com a Transportes Aéreos Portugueses (TAP). A operação foi aprovada pelos acionistas da Azul no dia 9 de dezembro e será submetida para aprovações regulatórias.

Em nota, o vice-presidente de Receitas da Azul, Abhi Shah, destaca que com o acordo, a empresa oferecerá mais opções de voos, tarifas competitivas e maior acesso a destinos europeus e brasileiros para seus clientes.

Adicionalmente, ambas as empresas poderão alinhar seus programas de fidelidade.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Atenção acionista

Rede D’or anuncia pagamento de R$ 156,2 milhões de juros sobre capital próprio

O pagamento do valor anunciado será destinado aos acionistas que detiverem as ações da Rede D’or no próximo dia 24 de junho

Fome para crescer

Em mais uma aquisição, Magazine Luiza se fortalece em food services com a Plus Delivery

Segundo a varejista, plataforma de entrega de comida tem cerca de 1.500 restaurantes parceiros e atende mais de 250 mil clientes por mês

mercados hoje

Bolsa firma queda e perde os 128 mil pontos, à espera de fala de Powell; dólar avança

Mesmo com uma queda acentuada do petróleo nesta manhã, o setor vê a commodity nos maiores níveis desde o início da pandemia, com a retomada das atividades

O melhor do Seu Dinheiro

A rima das commodities, último capítulo da novela da MP da Eletrobras e outros destaques

A história não se repete, mas rima. Se Mark Twain fosse um analista do mercado financeiro, provavelmente seria um grande especialista em ciclos econômicos. Logo no começo da crise da covid-19, quem ousasse falar em investir em commodities ou ações de empresas produtoras de matérias-primas seria taxado de louco. As cotações de todas elas — […]

SINAIS DO BC

COMPARATIVO: Veja o que mudou na ata da reunião do Copom

Veja o que mudou e o que permanece igual na ata da última reunião do Copom — o BC elevou a Selic em 0,75 ponto percentual, para 4,25% ao ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies