Menu
2020-07-02T11:03:30-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
negociação começa na segunda

Com sede no Canadá, Aura Minerals faz IPO de R$ 790,1 milhões na B3

Listada na bolsa de Toronto, a empresa de mineração faz uma emissão de BDRs, que são recibos de ações de companhias negociadas em outros países

2 de julho de 2020
10:57 - atualizado às 11:03
Mineração
Imagem: Shutterstock

Mineradora com sede no Canadá, a Aura Minerals informou que definiu o preço por BDR da oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) na B3 a R$ 820,00. Com isso, a empresa levanta R$ 790,1 milhões.

Segundo a companhia, foram vendidos 331 mil recibos em uma oferta primária — quando os recursos vão para o caixa da empresa — e 626 mil BDRs por um determinado acionista da companhia.

A oferta da Aura teve coordenação dos bancos Credit Suisse, Itaú BBA e XP Investimentos. A negociação dos recibos na B3 começa na próxima segunda-feira (6).

A Aura Minerals já é listada na bolsa de Toronto (TSX), no Canadá, desde 2006, e opera na produção de ouro e cobre no Brasil, México e Honduras. A empresa diz ter 31,8 milhões de toneladas em reservas provadas de ouro e 1,5 milhão de toneladas de cobre.

A companhia é controlada pela Northwestern Enterprises, que pertence ao empresário Paulo Carlos de Brito, presidente do conselho de administração da mineradora.

Em 2019, a Aura registrou uma receita líquida de R$ 898,3 milhões (US$ 226,2 milhões), alta de 57% em relação ao ano anterior. O lucro líquido, porém, caiu 46%, para R$ 104,2 milhões (US$ 24,9 milhões).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Dificuldades À vista?

Deputados falam em reduzir medidas de ajuste fiscal do texto da PEC do auxílio

Embora defenda celeridade na análise da proposta, Albuquerque admite que o texto pode ser enxugado

escolha da CEO

Investir no Brasil: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come

Confira uma seleção de matérias feita pela CEO do Seu Dinheiro, Marina Gazzoni

Efeitos da pandemia

PEC do auxílio aprovada no Senado prevê abater R$ 100 bi da dívida pública

Pelos cálculos do governo, a necessidade de financiamento da dívida pública federal (DPF) neste ano é de R$ 1,469 trilhão, valor que aumentou por causa do maior volume de títulos de curto prazo que o governo precisou emitir para conseguir captar recursos

Resolvendo pendências

STF: Petrobras não precisa se sujeitar à Lei das Licitações

Nos últimos anos, a Suprema Corte tem dado decisões relativas a Petrobras que consideram o cenário de livre competição em que opera a estatal.

Pacote fiscal aguardado

EUA: Senado aprova extensão de aumento de auxílio-desemprego

A emenda prevê a extensão da duração dos benefícios federais a desempregados, mas reduz seu valor semanal, em comparação com o projeto de lei aprovado pela Câmara dos Representantes no sábado passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies