Menu
2020-03-11T20:09:09-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
DE OLHO NA VALE

Após desastres, Vale anuncia instalação de comitê de auditoria e proposta para criar diretoria de compliance

A companhia informou também que o comitê será composto por, no mínimo, três membros, sendo que dois deles nomeados hoje pelo Conselho de Administração

11 de março de 2020
20:09
Navio da Vale
Imagem: Agência Vale

Depois dos desastres de Brumadinho e de Mariana, a Vale (VALE3) anunciou hoje (11) ao mercado que vai instalar um comitê de auditoria e que vai submeter proposta para criar também uma diretoria de compliance. No caso do comitê, a ideia é que ele ajude a supervisionar a auditoria interna, além da área de controles internos e a área de elaboração de demonstrações financeiras da mineradora.

No documento, a companhia informou que o comitê será composto por, no mínimo, três membros, sendo que dois deles nomeados hoje pelo Conselho de Administração. Os nomes escolhidos foram Isabella Saboya de Albuquerque e Luciana Pires Dias.

A primeira é conselheira de administração independente da Vale e da companhia Wiz Soluções. E já atuou nas instituições Jardim Botânico Investimentos, Investidor Profissional, Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Banco Icatu.

Já Dias é advogada, com mestrado e doutorado pela Universidade de São Paulo (USP) e 23 anos de experiência profissional nas iniciativas pública e privada, tendo se especializado em regulação de mercado de capitais, direito societário e governança corporativa ao longo dos anos. Ela também teve passagens pela CVM e por escritórios de advocacia no Brasil e nos Estados Unidos.

A diretoria de compliance, por sua vez, deverá responder pelas áreas de integridade e auditoria interna, além da gestão do canal de denúncias. Mas a sua criação ainda depende da aprovação em Assembléia Geral dos Acionistas que será feita em 30 de abril deste ano.

No momento, apenas houve a deliberação do Conselho de Administração para que seja revisado o Estatuto Social da Vale e que seja feita a inclusão de uma diretoria de compliance na proposta. Por essa razão, a mineradora ainda não anunciou nenhum nome para a diretoria.

"A criação do CCO reforçará o modelo de gestão de riscos da Vale em sua terceira linha de defesa, supervisionando a integridade corporativa da organização e corroborando com o cumprimento das leis, regulamentos, políticas e procedimentos, com autonomia e independência da gestão", disse a empresa no documento.

No ano, os papéis da companhia apresentam desvalorização de 24,20%. Hoje (11), as ações da Vale terminaram o dia cotadas em R$ 40,74, o que representa uma queda de 9,08%.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

ALÉM DE MORTOS E FERIDOS...

Os ‘falidos’ do coronavírus: veja as empresas que quebraram na pandemia

Companhias aéreas foram as primeiras a sentir o baque, seguidas por empresas que dependem também do turismo ou de viagens corporativas. Varejistas com fraca presença no e-commerce também sofreram com a ausência de clientes.

dados do ministério da Economia

Estatais apresentaram resultado líquido de R$ 109,1 bilhões em 2019, alta de 53%

De acordo com balanço apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, isso representa um aumento de 53% em relação ao lucro de 2018 e é o maior valor desde 2008

solução eletrônica

Donas de shoppings investirão menos em expansão e mais em canais digitais

Em vez de priorizarem a construção de novas unidades (“greenfields”) ou a expansão da área dos estabelecimentos já em operação – principais vias de crescimento até então -, será dado cada vez mais peso na integração do comércio físico ao eletrônico

em meio à covid

Fluxo de pessoas em lojas físicas sobe 194% em junho; em shoppings, alta de 126%

No comparativo com junho do ano anterior, porém, o fluxo caiu 75,94% nos shopping centers e 70,94% nas lojas físicas

vice da república

Gestores dos fundos querem ver resultado na redução do desmatamento, diz Mourão

Após reunião com representantes de fundos estrangeiros, Mourão disse que eles não se comprometeram com investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements