Menu
2020-12-10T19:20:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
volta por cima

Airbnb dispara em estreia na Nasdaq e chega a US$ 100 bi em valor de mercado

Ações da empresa subiram 112% nesta quinta-feira, a US$ 144,71; companhia já havia precificado os papéis acima da faixa indicativa no IPO, depois de adiar a abertura de capital por causa da pandemia

10 de dezembro de 2020
19:14 - atualizado às 19:20
Airbnb
Imagem: Shutterstock

A plataforma de hospedagem Airbnb disparou no primeiro dia de capital aberto na Nasdaq. As ações da empresa subiram 112% nesta quinta-feira (10), a US$ 144,71. Com o desempenho, a companhia bateu a emblemática marca de US$ 100 bilhões em valor de mercado.

A cifra supera as maiores cadeias de hotéis dos Estados Unidos, país de origem do Airbnb: Marriott International vale US$ 41 bilhões, Hilton Worldwide chega a US$ 29 bilhões e Hyatt é avaliada em US$ 7 bilhões.

O Airbnb já havia definido o preço da ação no IPO (oferta pública inicial) a US$ 68, acima da faixa indicativa, entre US$ 56 e US$ 60. No início da semana, o valor estava entre US$ 44 e US$ 50, mas foi elevado diante da alta demanda do mercado.

A estreia da companhia acontece ainda em um momento difícil para o setor do turismo, por causa da pandemia. O próprio Airbnb foi impactado pela covid-19, com queda nas receitas, demissão de milhares de funcionários e IPO adiado - previsto inicialmente para o começo de 2020.

A empresa demonstrou em parte recuperação ao longo do terceiro trimestre, registrando lucro de US$ 219 milhões - a maioria dos balanços da companhia apresentam até hoje prejuízos. A receita saltou de US$ 334,8 milhões no segundo trimestre para US$ 1,34 bilhão no terceiro.

O desempenho foi possível porque o Airbnb cortou gastos e teve alta na demanda em viagens locais. No entanto, no acumulado do ano a companhia ainda é afetada pela pandemia. De janeiro ao fim de setembro, a receita caiu 32% no comparativo anual, batendo US$ 2,5 bilhões.

Já o valor bruto de reservas foi de US$ 18 bilhões nos primeiros nove meses deste ano. A cifra representa uma queda de 39% em comparação a 2019, quando teve US$ 38 bilhões em reservas anuais brutas.

O Airbnb afirma que "ainda não está claro qual impacto financeiro a severa redução de viagens que ocorre durante a pandemia Covid-19 terá sobre esses indivíduos ou se eles serão capazes de manter suas casas ou operar seus negócios quando as viagens forem retomadas".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Política monetária em detalhes

Diretor do BC afirma que Selic em 2% não era mais necessária e defende centro da meta inflacionária

Bruno Serra explicou que a retomada da atividade econômica foi mais rápida do que se imaginava e justificou a elevação da taxa básica de juros

ESTRADA DO FUTURO

O que rola nos bastidores de uma startup de sucesso: uma conversa com Paulo Veras, ex-CEO e fundador da 99Taxi

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Paulo Veras, ex-CEO e fundador da 99Taxi.

Receita Federal dos EUA

Binance é investigada por manter contas suspeitas de lavagem de dinheiro nos EUA

Desde 2019, a Binance não oferece mais serviços de trading de criptomoedas para quem mora nos Estados Unidos

Sobe e desce da commodity

Dia de correção: minério de ferro cai forte e derruba ações da Vale e siderúrgicas

As ações da Vale, Gerdau, Usiminas e CSN estão entre as maiores baixas do Ibovespa hoje, influenciadas pela cotação do minério de ferro

Rombo nas contas assusta

Decisão do STF sobre ICMS pode acelerar reforma tributária

O risco de um desfalque maior na arrecadação do governo deve intensificar os esforços da equipe econômica para acelerar a tramitação das mudanças no Congresso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies