Menu
2020-04-17T18:19:26-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Efeitos da pandemia

Vendas do varejo caem 11,7% em março com coronavírus, diz Cielo

Em termos nominais, as vendas no varejo brasileiro recuaram 9,7% no mês em relação a igual mês de 2019, mostra índice

17 de abril de 2020
15:04 - atualizado às 18:19
varejo eua
Imagem: Shutterstock

Com a propagação do novo coronavírus, a receita de vendas observadas pelos varejistas em março apresentou queda de 11,7%, se descontada a inflação, em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA).

Em termos nominais, as vendas no varejo brasileiro recuaram 9,7% no mês, na mesma base de comparação, mostram os dados. Foi o resultado mais negativo apurado pelo índice desde sua criação, em janeiro de 2014, disse a Cielo.

As vendas de março ainda foram beneficiadas pelo calendário, diz a Cielo, citando que o Carnaval de 2019 foi celebrado em março, o que reduziu a base de comparação. Com o ajuste do calendário, a queda foi ainda maior: 12,5% pelo ICVA deflacionado e 10,5% em termos nominais.

Os segmentos de turismo e vestuário foram os mais prejudicados, de acordo os dados do índice. Enquanto isso, artigos de primeira necessidade, como supermercados e farmácias, apresentaram crescimento de vendas.

“A queda foi resultado tanto da diminuição da demanda, já que os consumidores saíram menos às ruas, quanto da oferta, uma vez que muitos lojistas fecharam as portas", disse o diretor de Inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto.

No trimestre, as vendas no varejo, descontada a inflação, caíram 2,3%. Na composição do resultado, o bloco de bens não duráveis registrou leve alta, enquanto o de serviços e bens duráveis, queda.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Tudo normal?

Maioria das empresas está otimista para vendas na Black Friday, diz Boa Vista

Cerca de 66% das empresas acreditam que as vendas da Black Friday em 2020 serão iguais ou superiores às de 2019.

DINHEIRO NO BOLSO

BB Investimentos muda carteira de dividendos após resultados do 3º trimestre

Analistas avaliam que retomada da economia fomenta a expectativa de melhores resultados, resultando no maior pagamento de proventos

homem negro espancado

Carrefour tomba 6% e lidera quedas do Ibovespa após protestos e pedidos de boicote pela morte de João Alberto de Freitas

Homem negro foi assassinado por dois seguranças de um estabelecimento da rede de supermercados em Porto Alegre. Ato gerou pedidos de boicotes por artistas e usuários de redes sociais, além de manifestações em frente e dentro de lojas do Carrefour

SANGUE FRIO E CAPACITADO

‘Pessoa física deu show este ano’, diz presidente da B3

Investidor pessoa física aproveitou baixa do mercado e se posicionou para alta, enquanto institucionais e estrangeiros saíam do mercado, diz Finkelsztain

raio-x do setor

Lançamentos de imóveis no país caem no 3º tri, diz CBIC; vendas sobem

O estoque de imóveis disponíveis para venda chegou a 173.601 unidades em setembro, corte de 13% em relação ao mesmo período do ano passado.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies