🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Estadão Conteúdo
mais pausas em dias úteis

Para CNC, feriados de 2020 devem causar prejuízo de quase R$ 20 bi ao comércio

CNC estima que haja uma queda de 8,4% na lucratividade do comércio a cada feriado. Os setores e regiões com maior peso da folha de pagamentos em relação ao faturamento tendem a ser mais afetados

Ampulheta e calendário
Imagem: Brian A Jackson/Shutterstock

Os feriados nacionais ao longo do ano de 2020 devem causar um prejuízo de R$ 19,6 bilhões ao comércio varejista este ano, calculou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Este ano terá mais feriados nacionais em dias úteis do que ocorreu no ano passado. Em 2019, o comércio varejista e atacadista teve um prejuízo de R$ 17,4 bilhões com os feriados nacionais.

"Embora tenda a favorecer atividades econômicas específicas como aquelas típicas do turismo, para a maioria dos demais setores da economia a maior incidência de feriados em dias normalmente úteis tende a gerar prejuízos por conta da queda do nível de atividade ou pela elevação dos custos de operação", explicou o economista Fabio Bentes, em relatório.

A CNC estima que haja uma queda de 8,4% na lucratividade do comércio a cada feriado. Os setores e regiões com maior peso da folha de pagamentos em relação ao faturamento tendem a ser mais afetados.

No ano passado, o feriado de Tiradentes caiu num domingo, enquanto as celebrações da Independência, Nossa Senhora Aparecida e Finados ocorreram aos sábados, dia de meio expediente no comércio. Em 2020, todos esses feriados ocorrerão em dias que úteis para o comércio. A CNC lembra que apenas o feriado da Proclamação da República passou de uma sexta-feira em 2019 para um domingo em 2020.

"Por mais que as vendas possam ser parcialmente compensadas nos dias imediatamente anteriores ou posteriores aos feriados, em virtude do fechamento das lojas ou da diminuição do fluxo de consumidores, o peso relativamente elevado da folha de pagamentos na atividade comercial é a principal fonte dos prejuízos impostos pelos feriados, comprimindo as margens de operação do setor", explicou Bentes, na nota.

Os segmentos de supermercados, lojas de utilidades domésticas e estabelecimentos de vestuário e calçados respondem, juntos, por 56% do emprego no comércio varejista brasileiro. Os três setores também terão as maiores perdas com os feriados este ano: o prejuízo nos supermercados será de R$ 7,25 bilhões; no segmento de artigos de uso pessoal e doméstico, R$ 3,03 bilhões; e no ramo de vestuário e calçados, R$ 2,44 bilhões.

Entre as regiões, mais da metade das perdas estimadas ficará concentrada nos Estados de São Paulo (R$ 5,62 bilhões), Minas Gerais (R$ 2,09 bilhões), Rio de Janeiro (R$ 2,06 bilhões) e Paraná (R$ 1,42 bilhão).

Compartilhe

Comprinhas em alta

Indo às compras? Intenção de Consumo cresce 2,1% em agosto; confira

23 de agosto de 2021 - 12:26

O indicador apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) teve melhor desempenho desde abril deste ano; no entanto a intenção de consumo segue abaixo do nível de satisfação, de 100 pontos

contas da crise

Turismo brasileiro acumula prejuízo de R$ 376,6 bilhões desde início da pandemia

13 de julho de 2021 - 18:25

Setor chegou a maio de 2021 operando com aproximadamente 52,6% da sua capacidade mensal de geração de receitas

Piorou

66,5% dos brasileiros registraram dívidas em janeiro ante 66,3% em dezembro, diz CNC

18 de fevereiro de 2021 - 14:09

Em relação a janeiro de 2020, a proporção de endividados subiu 1,2 ponto porcentual.

CONSEQUÊNCIA DA CRISE

Varejo deve contratar quase 20% menos trabalhadores no Natal ante 2019, diz CNC

21 de outubro de 2020 - 14:30

Principal data comemorativa do varejo, o Natal deve movimentar R$ 37,5 bilhões em vendas em 2020

ainda em queda

Intenção de consumo cai 0,2% em agosto e chega à 5ª queda seguida, diz CNC

26 de agosto de 2020 - 13:55

Em comparação com agosto de 2019, a queda foi de 27,6% e, Segundo a CNC, o ICF está abaixo do nível de satisfação (100 pontos) desde abril de 2015.

efeito coronavírus

Covid-19 leva intenção de consumo das famílias à queda recorde em junho, diz CNC

29 de junho de 2020 - 12:09

Parcela de consumidores que acreditam ser um mau momento para compra de duráveis, como eletrodomésticos, eletrônicos, carros e imóveis, atingiu 77%

PIOR QUEDA MENSAL

CNC: confiança do comércio cai 28,6% em junho ante maio, maior queda da série

25 de junho de 2020 - 12:29

O indicador que mede a satisfação dos empresários com as condições atuais, seja da economia, do comércio, seja também da própria empresa, foi o que mais se destacou negativamente

Reflexo da covid-19

Setor de turismo já perdeu R$ 62,56 bilhões desde início da pandemia, diz CNC

12 de maio de 2020 - 16:06

Levantamento considera um período de quase dois meses: desde 15 de março, poucos dias após a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretar oficialmente estado de pandemia, até o último dia 10 de maio

Cenário pré-coronavírus

Antes do coronavírus, confiança do comércio vai a maior nível desde 2012, diz CNC

23 de março de 2020 - 13:53

Pouco antes da eclosão da crise do coronavírus, confiança dos empresários do comércio atingiu maior patamar em quase 8 anos, segundo dados de Confederação

ECONOMIA

Carnaval 2020 deve movimentar R$ 8 bilhões na economia, diz CNC

24 de fevereiro de 2020 - 14:39

Segundo a CNC, “a recuperação gradual da atividade econômica, combinada à inflação baixa” tendem a refletir na recuperação moderada dos serviços turísticos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies