Menu
2020-05-22T18:01:42-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Inquérito Moro x Bolsonaro

Liberado: STF divulga vídeo de reunião ministerial de Bolsonaro de 22 de abril

Em meio à expectativa sobre o vídeo, o dólar fechou perto da estabilidade, cotado a R$ 5,57. O Ibovespa, por sua vez, caiu 1,03%, para 82.173,21 pontos

22 de maio de 2020
17:22 - atualizado às 18:01
jair bolsonaro
(Brasília - DF, 15/05/2020) Bolsonaro, no lançamento da Campanha de Conscientização e Enfrentamento à Violência Doméstica. - Imagem: Foto: Marcos Corrêa/PR

O Supremo Tribunal Federal divulgou o vídeo da reunião ministerial realizada no dia de 22 abril. O vídeo foi citado por Sergio Moro em depoimento como possível indicação de interferência política do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

O acesso ao vídeo se encontra no site oficial do STF. A transcrição pode ser baixada abaixo.

A medida foi tomada pelo ministro Celso de Mello, decano do STF, em uma decisão que conta 55 páginas.

Em meio à expectativa sobre o vídeo, o dólar fechou perto da estabilidade (-0,04%), a R$ 5,57. O Ibovespa, por sua vez, caiu 1,03%, para 82.173,21 pontos.

Trechos

No vídeo, Bolsonaro afirma: "Já tentei trocar gente da segurança nossa no Rio de Janeiro, oficialmente, e não consegui!" Depois, o presidente se queixa que há tentativas de se tentar atingir a sua família e amigos e, também, de que não conseguiu trocar "gente da segurança nossa no Rio de Janeiro, oficialmente".

"Vai trocar! Se não puder trocar, troca o chefe dele! Não pode trocar o chefe dele? Troca o ministro! E ponto final! Não estamos aqui pra brincadeira", afirma o presidente.

Em um trecho anterior no vídeo, cronologicamente separado das declarações acima, Bolsonaro diz que PF não lhe dá informações.

Nessa passagem, Bolsonaro afirma: "E eu tenho o poder e vou interferir em todos os ministérios, sem exceção. Nos bancos eu falo com o Paulo Guedes, se tiver que interferir. Nunca tive problema com ele, zero problema com Paulo Guedes. Agora os demais, vou! Eu não posso ser surpreendido com notícias. Pô, eu tenho a PF que não me dá informações."

O ministro da Economia, Paulo Guedes, também tem falas no vídeo. Ele afirma que "vamos continuar aprofundando reformas, vamos seguir" e que "enquanto estiverem nos trilhos de fazer as reformas, estamos juntos".

Além disso, Guedes disse que afirmou aos ministros do G-20 que o Brasil vai surpreender o mundo e que o presidente Bolsonaro é um democrata.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

disciplina fiscal

Candidatos, Lira e Pacheco criam ruído no mercado com possibilidade de prorrogação do auxílio

Pacheco falou em sacrificar algumas premissas econômicas para “poder manter alguma forma de socorro a essas pessoas”; Lira disse que tinha a impressão de mercado poderia aceitar a medida, estando dentro do teto

eu vejo uma alta

Sem forward guidance, pergunta agora é: quando a Selic vai subir?

Aceleração da inflação e riscos do lado fiscal levam analistas a estimarem que primeira alta virá antes que o esperado

mudança de governança

CEO da Copel sinaliza que interferências políticas são coisas do passado

Daniel Slaviero apresentou ao mercado os pilares que nortearão a nova política de governança corporativa da elétrica

em são paulo

Luciano Hang tem alta hospitalar após ser internado com covid-19

Mais cedo, ele realizou uma live na rede social, em que contou que permaneceu assintomático

após reclamações

C6 Bank é multado em R$ 7 milhões pelo Procon-SP por crédito consignado

Procon ressalta que recebeu reclamações de consumidores de todo o Estado, que disseram que foram surpreendidos com empréstimos consignados não solicitados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies