Menu
2020-12-28T11:26:35-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Boletim Focus

Estimativa do mercado para a Selic sobe de 3% para 3,13% em 2021

Enquanto a projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2020 não teve alteração, permanecendo em queda de 4,40%, os economistas voltaram a aumentar as expectativas para 2021

28 de dezembro de 2020
9:49 - atualizado às 11:26
análise projeção focus
Imagem: Shutterstock

No Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (28) pelo Banco Central, os economistas e analistas do mercado financeiro voltaram a aumentar a estimativa para a taxa básica de juros, a Selic, no ano que vem. Segundo a publicação, a mediana das previsões passou de 3% para 3,13%. Para 2022, a projeção segue a mesma, de 4,5%.

O relatório repercute a decisão do Copom de manter a taxa básica em 2% ao ano na última reunião e uma sinalização de que uma possível elevação dos juros pode ocorrer já em 2021.

A inflação, foco de atenção no mercado com a disparada recente, também teve suas estimativas revisadas - só que para baixo. O mercado manteve a estimativa para 2020 em 4,39%, mas para 2021 o número passou de 3,37% para 3,34%.

Enquanto a projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2020 não teve alteração, permanecendo em queda de 4,40%, os economistas voltaram a aumentar as expectativas para 2021. A projeção de alta foi de 3,46% para 3,49%.

Os economistas também atualizaram as estimativas para o câmbio. Segundo o documento desta segunda-feira, a median das expectativas para a moeda americana foi de R$ 5,15 para R$ 5,14. Há um mês, a projeção era de R$ 5,36. O mercado espera que a divisa fique em R$ 5 em 2021. Há quatro semanas a estimativa era de R$ 5,20.

*Conteúdo em atualização

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Nem o agro se salva

Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) engrossa a lista de IPOs adiados em 2021

A empresa, que já havia interrompido a oferta por alguns dias em janeiro, citou a “deterioração” do mercado em seu segundo adiamento

perspectivas

Temporada de balanços 1º tri: quem deve ir bem e quem ainda está mal, segundo o BofA

Empresas começam a divulgar resultados de um período marcado por lockdowns e alta dos preços das commodities; veja o que esperar

vale o que pesa?

Oi perdeu atratividade após vender fibra ótica? BTG Pactual diz que não

Para analistas, que trabalham dentro do grupo que fez a oferta pelos ativos, as ações possuem bom potencial de alta em qualquer cenário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies