Menu
2020-04-03T14:13:46-03:00
Estadão Conteúdo
perspectivas

Economia volta à retomada no 2º semestre, diz economista-chefe do Bradesco

Para Fernando Honorato Barbosa, o setor de serviços será o último a se recuperar

3 de abril de 2020
14:12 - atualizado às 14:13
FERNANDO HONORATO BARBOSA/BRADESCO
Foto de 14/05/2019 do economista-chefe do Bradesco, Fernando Honorato Barbosa. - Imagem: JF DIORIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

O economista-chefe do Bradesco, Fernando Honorato Barbosa, entende que a economia voltará a retomar a trajetória do crescimento a partir do segundo semestre. No entanto, de acordo com ele, este crescimento, do ponto de vista dos setores, não será linear.

Neste contexto, de acordo com Honorato, o setor de serviços será o último a se recuperar.

Com o lockdown, de acordo com o economista do Bradesco, ocorreu uma realocação dos gastos de fora para dentro dos domicílios. Ou seja, as pessoas passaram a gastar menos com restaurantes, por exemplo, e focaram em alimentos para preparo em casa.

Por isso, segundo Honorato, no curto prazo, os indicadores de inflação passarão a sofrer pressões de alimentação no domicílio e de produtos de higiene, mas deixará de sofrer pressão dos serviços.

Passado o lockdown, "os gastos com serviços voltarão mais lentamente", avalia Honorato.

Do ponto de vista da inflação, segundo o chefe do Departamento do Bradesco, o BC terá espaço para reduzir mais a Selic.

"Mas quanto mais o BC reduzir a Selic agora, mais ele terá que aumenta-la lá na frente", disse o economista.

O momento é crítico, é para o governo gastar mais, mas segundo Honorato, o momento é também para se manter a calma.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

decisão do copom

BC deve manter Selic a 2% e pode derrubar ‘forward guidance’ nesta quarta

Retirada do instrumento pode vir acompanhada de uma sinalização de que seu fim não tem relação mecânica com o começo do ciclo de aperto monetário

Ivan Sant'Anna - SD Premium

O segundo tempo do governo Bolsonaro começou mal. O que esperar daqui para frente?

Não quero dar uma de adivinho, muito menos pretender ser o dono da verdade, mas as perspectivas para a reeleição de Jair Bolsonaro em outubro de 2022 não são muito boas, embora no momento lidere todas as pesquisas de intenção de voto

dados do ministério da saúde

Brasil tem 1,1 mil mortes por covid-19 registradas em 24 horas

Com os novos óbitos, o total de vidas perdidas para a pandemia subiu para 211.491, segundo o Ministério da Saúde

seu dinheiro na sua noite

As incertezas da vez

Não sei vocês, mas desde que a pandemia de coronavírus começou, minha vida e rotina mudaram tanto, que tem estado difícil fazer planos para o futuro e ter boas perspectivas, do ponto de vista pessoal e social. Entrei no modo “um dia de cada vez”, já que ainda não temos uma data certa de quando […]

FECHAMENTO

Do céu ao inferno: Incertezas com vacinação pesam, Ibovespa derrapa e vai na contramão de NY

Enquanto o otimismo predominava nas bolsas americanas, por aqui as incertezas sobre a efetividade da campanha de vacinação contra a covid-19 se acumulavam

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies