Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-06-25T17:11:19-03:00
Estadão Conteúdo
presidente da autoridade monetária

Campos Neto diz que questão fiscal é preocupação ‘muito relevante’ para o BC

Ao mesmo tempo, Campos Neto lembrou que há um componente de “incerteza” muito grande nas projeções, pela natureza da crise atual

25 de junho de 2020
17:11
Roberto campos neto, presidente do Banco Central, entidade que mexe na Selic, a taxa básica de juros
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reafirmou nesta quinta-feira, 25, durante coletiva de imprensa, que a questão fiscal é uma preocupação "muito relevante" para o BC na atual crise. Segundo ele, haverá consequências negativas para o País se a "convergência fiscal ficar desestruturada".

Ao mesmo tempo, Campos Neto lembrou que há um componente de "incerteza" muito grande nas projeções, pela natureza da crise atual. "Mas o mercado não está reagindo como se o Brasil estivesse em dominância fiscal", disse.

PIB

O presidente do Banco Central afirmou também que a instituição faz estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) "tentando projetar o fim do distanciamento social".

Ao mesmo tempo, ele defendeu que o mais importante é verificar se, de fato, está ocorrendo o distanciamento social entre a população, e não se cidades e Estados decretaram isolamento.

"Às vezes, vemos dois Estados e municípios com políticas diferentes. Quando medimos, não há diferenças no distanciamento", disse Campos Neto.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ampliação dos negócios

Cosan (CSAN3) paga R$ 1,5 bilhão por fatia na Radar, gestora de propriedades agrícolas

Companhia já detinha uma participação na Radar; após a conclusão da operação e uma reorganização societária, a Cosan será dona de mais de 50% do capital social

o melhor do seu dinheiro

Caso Lehman Brothers: não vale a pena ver de novo

Se tem um roteiro que o mercado financeiro não quer ver se repetindo, é o de uma crise financeira desencadeada pela quebra de uma grande empresa, como foi o caso da falência do banco Lehman Brothers em 2008, que marcou o início da grave crise dos subprime. Nem mesmo em uma escala menor, como é […]

força do esg

Environmental ESG, da Ambipar, busca IPO de R$ 3 bilhões para dar gás às aquisições

Preço da faixa indicativa está entre R$ 15,50 e R$ 20,50; após IPO, 43,8% do capital social estará em circulação no mercado com as ações

MERCADOS HOJE

Evergrande injeta temor no mercado global e bolsas têm dia de fortes perdas; Ibovespa fecha no menor nível desde novembro

Temor de que os problemas da incorporadora chinesa gerem uma reação em cadeia no mercado global afundou as bolsas nesta segunda-feira (20)

Ruído político

Congresso não participou de debate sobre aumento no IOF, revela presidente da Câmara

Arthur Lira também declarou que quer avançar com a reforma administrativa e uma solução para a questão dos precatórios ainda nesta semana

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies