Menu
2020-06-25T17:11:19-03:00
presidente da autoridade monetária

Campos Neto diz que questão fiscal é preocupação ‘muito relevante’ para o BC

Ao mesmo tempo, Campos Neto lembrou que há um componente de “incerteza” muito grande nas projeções, pela natureza da crise atual

25 de junho de 2020
17:11
roberto campos neto
O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, reafirmou nesta quinta-feira, 25, durante coletiva de imprensa, que a questão fiscal é uma preocupação "muito relevante" para o BC na atual crise. Segundo ele, haverá consequências negativas para o País se a "convergência fiscal ficar desestruturada".

Ao mesmo tempo, Campos Neto lembrou que há um componente de "incerteza" muito grande nas projeções, pela natureza da crise atual. "Mas o mercado não está reagindo como se o Brasil estivesse em dominância fiscal", disse.

PIB

O presidente do Banco Central afirmou também que a instituição faz estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) "tentando projetar o fim do distanciamento social".

Ao mesmo tempo, ele defendeu que o mais importante é verificar se, de fato, está ocorrendo o distanciamento social entre a população, e não se cidades e Estados decretaram isolamento.

"Às vezes, vemos dois Estados e municípios com políticas diferentes. Quando medimos, não há diferenças no distanciamento", disse Campos Neto.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

decisão da justiça

Ex-secretário, vereador e empresário de Marília tornam-se réus por fraudes

De acordo com o Ministério Público Federal, o grupo é acusado de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

caso queiroz

Citados em ‘rachadinha’ continuam com cargos

Ex-assessores fazem parte de uma lista de 69 pessoas que trabalharam com Flávio Bolsonaro e tiveram sigilo bancário e fiscal quebrados por decisão da Justiça em abril do ano passado

veja números de sábado

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões na terça-feira

Caixa promove a mega semana das férias, com três concursos na próxima semana, que ocorrerão na terça-feira, quinta-feira (16) e sábado (18)

nem tudo é sucesso

O projeto de Jeff Bezos que levou seis anos, milhões de dólares — e fracassou

Sem alarde, Amazon lançou em maio deste ano um jogo chamado “Crucible”, que foi retirado para download gratuito poucas semanas após ser disponibilizado

após marco legal

Estatais de saneamento pressionam governo por crédito

Empresas querem que o CMN retire os financiamentos às estatais de saneamento do cálculo do limite de exposição dos bancos ao setor público

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements