Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-10-19T18:31:00-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
maior ipo do ano

Ações do Grupo Mateus caem forte após ruídos em torno de ‘falhas internas’

Com menos de uma semana na bolsa, a notícia gerou grande inquietação entre os investidores e continua a repercutir mesmo após a companhia ter esclarecido a situação.

19 de outubro de 2020
15:57 - atualizado às 18:31
grupo mateus
Imagem: Reprodução /Youtube Grupo Mateus

Enquanto a bolsa brasileira passou o dia em alta, tendo fechado com ganho de 0,35%, os papéis do novato Grupo Mateus (GMAT3) apresentaram forte queda nesta segunda-feira (19).

Os papéis da empresa que protagonizou o maior IPO do ano (até o momento) fechou em queda de 4,09%, a R$ 8,20.

Desde a estreia, no último dia 13, as ações da companhia já se desvalorizaram mais de 9%. Os problemas começaram na última sexta-feira (16), quando o jornal Valor Econômico noticiou que auditores independentes encontraram deficiências nos registros contábeis da companhia. Na data, os papéis fecharam em R$ 8,55, queda de 4,6%.

Responsável pela auditoria da varejista de alimentos, a Grant Thronton teria identificado 21 falhas nos controles internos, todas informadas em formulários de referência entregues nos dias 5 e 9 de outubro.

Com menos de uma semana na bolsa, a notícia gerou grande inquietação entre os investidores e continua a repercutir mesmo após a companhia ter esclarecido a situação.

Em documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o Grupo Mateus afirmou que as deficiências identificadas no relatório são leves e moderadas e não devem causar impacto financeiro nos balanços já divulgados ou qualquer efeito material adverso à empresa.

Na nota, a empresa lembra que somente deficiências significativas devem ser divulgadas no Formulário de Referência e que nenhuma alteração desta natureza foi encontrada pelo auditor independente. A divulgação das deficiências leves teria sido resultado de um excesso de transparência, já que se trata de uma informação não obrigatória.

A empresa aproveitou para reiterar que a divulgação das informações ocorreu dentro do calendário da oferta e antes da formação do preço de ações no IPO.

Com relação às recomendações de melhorias de processos internos, a companhia lembra que o mapeamento faz parte do processo de auditoria e que não existe qualquer modificação no relatório já emitido pelo auditor.

Relembre o IPO

O Grupo Mateus é uma das maiores empresas do varejo alimentício do país, com forte presença no Nordeste. A companhia é a primeira no Estado do Maranhão que entra para o Novo Mercado, o mais elevado nível de governança corporativa da B3.

O negócio que começou com uma pequena mercearia na cidade de Balsas, se tornou uma potência regional. O grupo captou R$ 4,63 bilhões na oferta inicial, após as ações serem precificadas no piso da faixa indicativa, a R$ 8,97. Desde a estreia, os papéis já se desvalorizaram cerca de 9%.

Recentemente, o Grupo esteve envolvido em outra notícia de repercussão negativa. Um acidente na unidade Mix Atacarejo, em São Luís (MA), deixou uma pessoa morta e oito feridos após a queda em cascata de gôndolas de produtos. Na ocasião, a companhia ampliou o prazo para desistência dos investidores e atualizou o prospecto da oferta.

Os coordenadores da oferta do Grupo Mateus foram XP Investimentos, Bradesco BBI, BTG, Itaú BBA, BB Investimentos, Santander e Safra.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Logística portuária

Alaska aceita proposta para vender da Log-In (LOGN3) para MSC; ação sobe mais 7% hoje

A gestora é a principal acionista da companhia, com uma participação de 45% do capital da Log-In; cota do fundo subiu ontem apesar da queda do Ibovespa

Gestão de ativos

Alívio nos ares: Gol (GOLL4) refinancia R$ 1,2 bi em dívidas de curto prazo

Com isso, o endividamento de curto prazo da companhia aérea ficará ao redor de R$ 500 milhões — o que representa o menor nível desde 2014

Exile on Wall Street

Entre renda e multiplicação de capital, você pode ficar com os dois — Veja como

Você se lembra da sua primeira conta poupança? A minha e a do meu irmão foram abertas por volta dos meus 11 anos, quando nossos pais nos levaram ao banco para depositar o dinheirinho acumulado de nossas três fontes de renda — as moedas de casa, o troco dos lanches da escola e as generosas […]

Não é 'block' mas é 'chain'

Aceita bitcoin: Tráfico de drogas no Rio de Janeiro aceitava criptomoedas por WhatsApp; envolvidos são presos

O grupo coordenava o envio, estoque, compra e venda por meio de um grupo “oficial” no aplicativo de mensagens

MERCADOS HOJE

Aumento do IOF pega mal e Ibovespa recua mais de 1%; dólar sobe a R$ 5,32

Depois de meses de especulação e preocupação, a saída encontrada pelo governo federal para financiar o novo Bolsa Família, rebatizado de Auxílio Brasil, não agradou o mercado e o Ibovespa começa refletindo esse mau humor.  Ontem, o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que eleva o Imposto sobre Operações Financeiras até dezembro, o que deve […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies