Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-06-10T18:26:10-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Substituição

Para o Itaú BBA, é hora de trocar Magazine Luiza por Via Varejo

O Itaú BBA promoveu uma mudança em sua carteira ‘top 5’ para junho: optou por realizar lucros em Magazine Luiza e incluiu Via Varejo para continuar exposta ao e-commerce

10 de junho de 2020
12:21 - atualizado às 18:26
Fachada da loja Casas Bahia, rede pertencente à Via Varejo (VVAR3/VIIA3)
Casas Bahia é uma das redes de lojas operadas pela Via (ex-Via Varejo) - Imagem: Shutterstock

Dentre os inúmeros assuntos que geram discussões acaloradas na comunidade financeira do Twitter, um dos mais antigos é o Fla-Flu entre Magazine Luiza e Via Varejo: de um lado, há os fanáticos pelo Magalu e seu crescimento constante; do outro, há os defensores da empresa controlada pela família Klein, que enxergam alto potencial de retorno com a transformação digital da companhia. E o Itaú BBA acabou de colocar mais lenha nessa fogueira.

Em relatório assinado pelos analistas Fabio Perina, Larissa Nappo e Maria Clara Infontozzi, a instituição revisou seu 'top 5' de ações para junho. A nova carteira traz apenas uma alteração: sai Magazine Luiza ON (MGLU3), entra Via Varejo ON (VVAR3).

E o que motivou essa substituição? Em primeiro lugar, o Itaú BBA destaca que, desde a inclusão na carteira 'top 5', as ações do Magazine Luiza acumularam ganhos de 75% e, assim, o time de estratégia decidiu que era hora de embolsar esses lucros.

Contudo, o setor de e-commerce continua como um dos preferidos da instituição nesse cenário de pandemia e isolamento social — o que se traduz num "alto potencial de crescimento" daqui para frente. E, para manter a exposição a esse segmento, o banco optou por incluir a Via Varejo no portfólio.

"Acreditamos que VVAR3 possui um perfil interessante devido a i) exposição à retomada do consumo doméstico, ii) notável agilidade no processo de transformação digital, iii) momentum positivo e iv) valuation descontado em comparação aos pares", escrevem os analistas.

E, de fato, o timing dessa mudança de postura por parte da Via Varejo, apostando cada vez mais no comércio digital em detrimento das lojas físicas, mostrou-se acertado: o Itaú BBA destaca que as vendas online 1P (direto) e 3P (marketplace) da companhia saltaram 260% e 130% em termos anuais, respecitvamente.

"Além disso, a empresa divulgou recentemente oferta primária, de forma a reforçar sua posição de caixa e assim acelerar oportunidades de crescimento daqui em diante"

Desde o começo de 2020, as ações ON do Magazine Luiza acumulam valorização de 34,88%, enquanto os papéis PN da Via Varejo saltam 33,57% — empresas de e-commerce e exportadoras estão entre as poucas integrantes do Ibovespa que conseguem sustentar desempenho positivo no ano.

Top 5

Bom, já sabemos que Via Varejo ON é uma das integrantes do top 5 do Itaú BBA. E quais são as outras quatro? Veja abaixo a lista das preferidas do banco para o mês de junho e seus respectivos preços-alvo ao fim de 2020 — todas possuem recomendação 'outperform' (desempenho acima da média):

AçãoCódigoFechamento em 9/6 (em R$)Preço-alvo (em R$)Potencial de alta/queda
Banco do Brasil ONBBAS335,7948,0034,12%
BR Distribuidora ONBRDT323,4130,0028,15%
JBS ONJBSS322,0631,0040,53%
Lojas Renner ONLREN345,8258,0026,58%
Via Varejo ONVVAR314,9713,00-13,16%
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Clube do livro

Um passeio entre chás, sementes e cerveja: como “Uma Senhora Toma Chá…” conta a história da estatística moderna de maneira descomplicada

O livro de David Salsburg te convida a conhecer o pouco mais de um dos campos mais necessários para o melhor entendimento do mundo das finanças, e claro, da ciência

A bolsa como ela é

Onde as fake techs não têm vez: mercado não tem mais espaço para empresa que não gera valor de verdade

Com alta dos juros, quem não gerar caixa suficiente para remunerar o investidor em 16% ao ano está, em bom português, no sal

Ora, pois

Bradesco deve abrir base em Portugal para ‘seguir’ milionários brasileiros

Movimento de migração de famílias clientes do segmento private do banco após a pandemia levou à retomada dos estudos para entrar no mercado lusitano

De volta aos dois dígitos

Mercado já vê juros de até 11% em 2022

Drible no teto de gastos gerou movimento generalizado nas instituições financeiras para revisar para cima suas projeções para a taxa de juros

Óleo e gás

3R Petroleum (RRRP3) certifica reservas provadas de 185,1 milhões de barris

Companhia divulgou resultado da certificação de reservas do Campo de Papa-Terra, na Bacia de Campos, cuja participação foi adquirida da Petrobras

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies