Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-10-23T07:31:28-03:00
Ricardo Gozzi
Esquenta dos mercados

Será que vai sextar? ‘Otimismo cauteloso’ nos mercados sugere abertura em alta no Ibovespa

Bons resultados de bancos e montadoras na Europa, aprovação do remdesivir pela FDA e debate civilizado nos EUA aliviam pressão sobre ativos de risco

23 de outubro de 2020
7:31
Alta da bolsa
Imagem: Shutterstock

Uma espécie de ‘otimismo cauteloso’ instalou-se nos mercados financeiros internacionais nesta sexta-feira e os ativos de risco têm todas as condições de passar por um pregão mais calmo que de costume neste encerramento de semana.

A não ser que alguma notícia inesperada abale os mercados de ações hoje, a expectativa é de que o Ibovespa dê continuidade ao rali de outubro em um dia no qual a maioria das bolsas de valores asiáticas fechou com sinal positivo, os mercados europeus operam em alta robusta e os índices futuros apontam para uma abertura com céu azul em Wall Street.

Na véspera, o Ibovespa fechou em alta de 1,36% e por muito pouco não recuperou o patamar de 102 mil pontos. A alta do principal índice da B3 foi puxada pelo bom desempenho de alguns pesos-pesados da lista, com os papéis dos bancos, da Petrobras e da Weg.

Até o dólar, que tem figurado como principal válvula de escape para os riscos locais, deu uma folga ontem, recuou 0,36% e abandonou – ainda que sem se distanciar muito – a incômoda faixa dos R$ 5,60, encerrando a quinta-feira cotado a R$ 5,5942.

Um debate civilizado

Nos Estados Unidos, os índices futuros apontam para uma abertura em alta depois de um debate até que civilizado entre o presidente Donald Trump e o ex-vice Joe Biden. Os candidatos à Casa Branca baixaram consideravelmente o tom em relação ao comportamento grotesco do debate anterior.

Ainda que algumas trocas de farpas tenham ocorrido, nada do que se passou na discussão parece ter força suficiente para sinalizar alguma mudança no atual cenário, no qual Biden desponta como favorito e ameaça transformar Trump no primeiro presidente a não conseguir a reeleição desde George Bush pai, em 1992.

Como as eleições norte-americanas são indiretas, porém, os investidores permanecem de olho nas pesquisas e nas projeções para o Colégio Eleitoral.

Ainda nos EUA, os investidores seguem otimistas em relação às negociações entre democratas e republicanos em torno de um novo pacote de estímulo à economia norte-americana, mas parecem conformados com a perspectiva de que a ajuda só venha depois das eleições de 3 de novembro.

Montadoras e bancos puxam bolsas na Europa

Na Europa, os investidores relegam o avanço da pandemia de covid-19 e números fracos sobre a atividade industrial e do setor de serviços no Velho Continente para levar os principais índices de ações a altas consistentes. O movimento é puxado pelo bom desempenho dos papéis das montadoras e dos bancos em reação a resultados trimestrais acima das expectativas.

Outra fonte de alívio vem do fato de o remdesivir fabricado pela farmacêutica Gilead ter-se tornado o primeiro medicamento formalmente aprovado pela Agência de Drogas e Alimentos dos EUA (FDA) como eficaz no tratamento contra a covid-19.

Apesar do clima de sexta-feira nos mercados internacionais, os riscos fiscais e os ruídos políticos vindos de Brasília tendem a estimular volatilidade e limitar o espaço para a recuperação dos ativos locais no curto prazo. Estão no radar dos investidores as dificuldades de rolagem da dívida pública, o adiamento de votações relevantes no Congresso e a politização da vacina.

Agenda finalmente cheia

Enquanto isso, ao contrário dos pregões anteriores, os investidores estarão atentos a uma agenda cheia em termos de indicadores locais nesta sexta-feira. O destaque do dia é o IPCA-15. Acredita-se que a prévia oficial da inflação ao consumidor acelerará para a casa de 0,8%, na maior taxa para outubro desde 2002. Também nesta sexta-feira serão conhecidos os novos números de confiança do consumidor e os dados do BC sobre o setor externo.

Enquanto isso, dando sequência à temporada de balanços corporativos, o resultado trimestral da Hypera será divulgado depois do fechamento da bolsa.

Ainda entre as empresas de capital aberto listadas na B3:

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies