Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-10T09:19:42-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
esquenta dos mercados

Cautela com covid-19 não apaga otimismo com dados da inflação e setor de serviços

Dados mais fortes da economia brasileira devem intensificar as apostas em uma taxa Selic estável na próxima reunião do Copom.

10 de julho de 2020
8:14 - atualizado às 9:19
inflação preços
Imagem: Shutterstock

Os investidores locais aguardam com expectativa os números do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - a inflação oficial de junho -, e dados do volume de serviços de maio. Após meses de deflação e queda no setor de serviços, os números de hoje devem apontar uma recuperação.

Caso as expectativas dos investidores se confirmem, os dados podem impulsionar a bolsa de volta aos 100 mil pontos, mesmo com o cenário mais cautelo no exterior devido ao avanço do coronavírus nos Estados Unidos.

A agenda desta sexta-feira também ajuda os investidores a renovarem suas apostas para a taxa Selic. Com os últimos dados mostrando uma recuperação maior do que o esperado, a manutenção da taxa no patamar de 2,25% ao ano passou a ser mais apreciada pelo mercado.

É hoje?

O Ibovespa bem que tentou, mas não conseguiu manter a marca dos 100 mil pontos na última quarta-feira. Logo pela manhã o principal índice da bolsa voltou ao mais alto patamar desde o início da crise, aos 100.191 mil pontos, mas logo em seguida passou a acompanhar a cautela vista no exterior.

No fim do dia, o Ibovespa fechou a sessão em queda de 0,61%, aos 99.10,33 pontos. O dólar caiu 0,21%, a R$ 5,33.

Hoje, a divulgação de dados mais fortes do IPCA podem impulsionar a bolsa brasileira de volta ao patamar dos 100 mil.

Inflação e Juros

Na agenda desta sexta-feira (10), está a divulgação da inflação oficial de junho.

Caso a previsão de um avanço entre 0,24% e 0,38% se confirme, os investidores devem voltar a apostar em uma manutenção na Selic em 2,25% na próxima reunião, em agosto. Com os dados recentes da economia, apenas 30% dos investidores precificam um novo corte.

O mercado também repercute a entrevista dada por Roberto Campos Neto na última quinta-feira, que mostrou otimismo com a recuperação da economia. Segundo o presidente do Banco Central, os resultados da inflação já começam a mostrar números acima das expectativas.

Onda de apreensão

Os Estados Unidos seguem batendo novos recordes diários de casos do novo coronavírus, ampliando o temor de que novas medidas de isolamento sejam necessárias no país. Ontem, os EUA registram quase 65 mil novos infectados.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que a covid-19 não está controlada na maior parte do mundo.

A apreensão fez os mercados asiáticos fecharem em baixa, interrompendo o rali que durava mais de uma semana na região.

Na Europa, o sentimento de cautela também predomina, mas as principais praças conseguem se manter próximos da estabilidade. Os índices futuros em Nova York operam no campo negativo.

Agenda

Além dos dados da inflação, no Brasil também temos os números do volume de serviços de maio. A expectativa é que após três meses de quedas o número volte ao campo positivo.

Nos Estados Unidos o dia é marcado pela divulgação da inflação ao produtor (PPI) de junho (9h30) e dados e dados sobre poços e plataformas em atividade (14h).

Fique de olho

  • IPO da Ambipar deve movimentar R$ 1,27 bilhões.
  • IMC, dona da rede Frango Assado, irá realizar uma oferta pública de ações.
  • Unidas aprovou aumento de capital de R$ 500 mi para R$ 1,837 bilhões.
  • CVC também aprovou o aumento do capital social de R$ 301 milhões.
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Bilionário X Bitcoin

“Eu realmente não ligo para o bitcoin (BTC)”, afirma CEO do JP Morgan, que vê potencial de crescimento de até dez vezes para o preço da criptomoeda

Em entrevista ao jornal Times of India, Jamie Dimon mostrou que segue com ceticismo em torno do mercado de criptomoedas

Federal reserve

Dirigente do Fed vê economia próxima de atingir nível para início de tapering

Evans disse a instituição irá concentrar esforços no sentido de gerar inflação sustentável que seja consistente com sua meta oficial

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: uma recomendação simples e direta para comprar agora; confira

Às vezes, a gente conta história, se mete a falar de filosofia, apresenta uma teoria com o intuito de demonstrar um ponto. E, às vezes, não tem nada disso. Seguimos a via mais direta nesta segunda-feira. Se aparecer uma oportunidade simples e eficiente, você deve aproveitá-la sem tergiversar.  Difícil entender a preferência de algumas pessoas […]

Mercados Hoje

Recuperação do petróleo e do minério de ferro puxam Ibovespa para o campo positivo, mas NY limita os ganhos

A semana está recheada de números importantes para o mercado, mas a segunda-feira começa no vermelho para o Ibovespa

Bitcoin (BTC) hoje

O que mexe com o preço do bitcoin (BTC) hoje: criptomoedas se recuperam após susto com China e analista da Bloomberg ajusta expectativas para o mercado até o final do ano

Assim como ó gosto duvidoso em sequências de filmes, a história da China contra o bitcoin não anima mais os fãs

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies