Menu
2020-02-24T12:10:16-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
DE OLHO NA OFERTA

Positivo capta R$ 353,7 milhões em follow-on e precifica ação em R$ 6,55; papéis despencam

Pelo fato de a precificação dos papéis ter ficado abaixo do valor de fechamento das ações ontem (30), hoje o que se viu no mercado foi um movimento de venda por parte dos investidores

31 de janeiro de 2020
14:50 - atualizado às 12:10
Positivo_Informatica
Imagem: Divulgação

A Positivo Tecnologia (POSI3) informou hoje (31) ao mercado que precificou as suas ações em R$ 6,55 e que captou o valor de R$ 353,7 milhões em sua oferta subsequente de ações (follow-on). Como a oferta foi de distribuição primária, todo o dinheiro vai para o caixa da empresa.

A empresa precisou aceitar um desconto de quase 30% em relação ao preço de fechamento das ações ontem (R$ 8,50) para fechar a oferta, um sinal de que a demanda foi baixa, o que pressiona as cotações na B3 nesta sexta-feira. Por volta das 14h37, as ações da Positivo apresentavam queda de 10,71%, cotadas em R$ 7,59.

No comunicado, a companhia informou ainda que agora o capital social da empresa passará a ser de R$ 742,7 milhões e que foram emitidas 54 mil ações ordinárias, ou seja, com direito a voto.

Segundo a Positivo, o aumento de capital tem três objetivos principais: fazer mais contratos com instituições públicas ; ajudar na expansão do negócio da Positivo as a Service - que propõe a locação e manutenção do parque tecnológico segundo as necessidades de cada cliente - , e de outras avenidas de crescimento orgânicas ou não; além de reforçar a estrutura de capital da companhia.

Os bancos coordenadores da oferta foram o BTG Pactual, que atuou como coordenador líder, além de Bradesco BBI e XP Investimentos.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ranking

Indicações do Seu Dinheiro estiveram entre os títulos públicos mais rentáveis do semestre; veja o ranking completo

Em março, levantamos a bola para uma oportunidade aberta no Tesouro Direto com a alta dos juros no mês, e alguns dos títulos indicados ficaram entre os mais rentáveis do semestre. Confira a lista completa dos melhores e piores títulos públicos do ano até agora

Recuperação mais lenta

Ipea diz que efeitos da pandemia tendem a persistir sobre mercado de trabalho

“É provável que a taxa de desemprego continue alta, mas não por uma piora do mercado de trabalho, e sim pela melhora da percepção das pessoas sobre o ambiente para procurar emprego”, diz diretor da instituição

Sem pessoa física

Modelo de abertura de capital da Aura Minerals pode ser replicado

Modelo de esforços restritos, inaugurado no Brasil pela companhia produtora de ouro, só permite a entrada de fundos na abertura de capital

Conselho da Cosan aprova reorganização societária com holding única

A partir da consolidação da nova estrutura, os acionistas da própria Cosan, da CZZ e da Cosan Log vão passar a deter ações da holding, que continuará sendo controlada pela Aguassanta, veículo de investimento da família de Rubens Ometto

Tributação

Vamos entrar com aumento de imposto sobre dividendos, diz Guedes

Ministro também disse que marcos regulatórios podem ser aprovados em “60 a 90 dias”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements