2020-12-21T07:56:56-03:00
Na manhã desta segunda

Mutação da Covid-19 no Reino Unido impacta mercados, petróleo e dólar; confira

A variante do novo coronavírus se espalha rapidamente no Reino Unido e levou vários países europeus a suspenderem voos provenientes de aeroportos britânicos.

21 de dezembro de 2020
6:35 - atualizado às 7:56
Imagem: Shutterstock

Após cientistas reconhecerem uma mutação do novo coronavírus (Sars-Cov-2), que permite uma disseminação mais rápida da doença, os índices futuros das bolsas de Nova York vem caindo, juntamente com o petróleo e as bolsas europeias. O dólar já opera em alta, enquanto libra e euro apresentam quedas significativas, na manhã desta segunda-feira (21).

Medo de nova mutação pesa mais do que acordo fiscal em NY

Os índices futuros das bolsas de Nova York operam em queda na manhã desta segunda, enquanto os juros dos Treasuries caem após o Congresso dos EUA chegar a um acordo sobre um novo pacote fiscal de US$ 900 bilhões para lidar com os efeitos da pandemia da covid-19 na economia americana.

Leia também:

A demora de negociadores democratas e republicanos para finalizar o acordo levou a Câmara dos Representantes a aprovar ontem um projeto de lei provisório de gastos de um dia para evitar uma paralisação do governo que começaria no primeiro minuto desta segunda.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Por volta de 7h30 (de Brasília), no mercado futuro, o Dow Jones caía 1,8% e o S&P 500 recuava 2,18%, enquanto o Nasdaq recuava 1,36%.

As bolsas europeias também abriram em baixa nesta segunda. Às 7h48 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 2,74%, a de Frankfurt perdia 3,92% e a de Paris cedia 4,01%. O índice Euro Stoxx recuava 3,6%.

Dólar sobe e petróleo despenca

O índice DXY , que mede a variação do dólar frente a outras seis moedas relevantes, opera em forte alta nesta manhã, à medida que investidores buscam segurança em meio às preocupações com a variante do novo coronavírus que se espalha rapidamente no Reino Unido e levou vários países europeus a suspenderem voos provenientes de aeroportos britânicos.

Às 5h33 (de Brasília), o DXY subia 1,05%, enquanto o euro e a libra recuavam.

Já os contratos futuros de petróleo operam em baixa na madrugada desta segunda. Às 7h54, o barril do petróleo WTI caía 2,65%, a US$ 46,38.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ACIONISTAS FELIZES

‘Sextou’ com dividendos: Raia Drogasil (RADL3) e MRS Logística (MRSA3B) anunciam R$ 201 milhões em proventos

Ambas as companhias detalharam o valor por ação, a data de corte para receber os proventos e quando o dinheiro deverá cair na conta dos acionistas

FECHAMENTO DA SEMANA

Em semana de alta volatilidade, Ibovespa pega carona com PEC dos precatórios e sobe 2,78%; dólar também avança, mas juros passam por alívio

Variante ômicron, PEC dos precatórios e o futuro da política monetária americana dominaram a semana do Ibovespa

Evergrande vende parte de suas ações de empresa de tecnologia e obtém US$ 145 mi

O grupo chinês da Evergrande levantou cerca de US$ 145 milhões nos últimos dias com a venda de parte de suas ações em uma produtora de filmes e empresa de mídia na internet, a HengTen Networks. Assim, a gigante imobiliária vendeu cerca de 5,7% das ações da HengTen Networks e junta mais dinheiro à medida […]

Aperto monetário

Copom deve elevar Selic para 9,25% ao ano na próxima semana, aposta JP Morgan

Para o banco, a queda de 0,1% do PIB do terceiro trimestre e o avanço da PEC dos precatórios no Congresso fizeram com que as estimativas convergissem para a manutenção do ritmo de alta de 1,5 ponto

Intervenção estatal

Sob risco de novo calote, governo chinês envia ‘socorro administrativo’ para Evergrande

O movimento ocorre após a gigante imobiliária alertar que corria o risco de não cumprir mais uma grande obrigação financeira