Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-20T16:48:06-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Bolsa e dólar hoje

Ibovespa supera os 104 mil pontos em reação a notícias positivas sobre vacinas

Bolsa vai acima dos 104 mil pontos com notícia animadora sobre vacina da Pfizer; vacina da AstraZeneca também mostrou bons resultados

20 de julho de 2020
10:37 - atualizado às 16:48
Selo Mercados AGORA Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Notícias de avanço nas pesquisas de vacinas contra o coronavírus animam os investidores nesta segunda-feira (20) e levam o Ibovespa a superar os 104 mil pontos. Às 16h30, o índice subia 1,32%, aos 104.244,56 pontos.

O mercado reage a boas notícias divulgadas pela Pfizer, que pesquisa uma vacina junto à BioNTech, e pela AstraZeneca, que desenvolve uma vacina junto à universidade de Oxford.

De acordo com a Pfizer, foram verificadas respostas imunes "fortes" nos estudos alemães da vacina, em velocidade superior ao prazo estimado. A pesquisa também não registrou efeitos colaterais graves nos indivíduos que receberam a dose.

A revista científica The Lancet divulgou um estudo da AstraZeneca em parceria com a universidade de Oxford que mostrou resposta imunológica dos participantes para a vacina, também sem efeitos colaterais graves.

No início da tarde, as bolsas americanas aceleraram os ganhos, e o Dow Jones, que recuava durante a manhã, passou a subir. Às 16h30, o Dow Jones avançava 0,26%, o S&P 500 subia 1,00% e o Nasdaq tinha alta de 2,54%.

As bolsas europeias fecharam com sinais mistos, mas a maioria manteve o tom positivo com os avanços das pesquisas para a vacina. O Índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,76%.

Mais cedo, as bolsas asiáticas terminaram o pregão sem direção definida, na expectativa das negociações de um pacote orçamentário de 1,85 trilhão de euros entre os líderes da União Europeia.

O pacote inclui um fundo de 750 bilhões de euros destinado a ajudar o bloco a se recuperar da crise gerada pela pandemia de covid-19. Os líderes europeus voltaram a se reunir nesta segunda-feira para discutir as medidas.

Há pouco, o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, disse no Twitter que enviará a todos os líderes europeus sua nova proposta sobre o fundo, cujo valor vem sendo o principal ponto de discórdia entre as lideranças. Ele disse estar otimista com a aprovação, e o pronunciamento "deu um gás" nos mercados no início da tarde.

Reforma tributária nesta semana

Os investidores brasileiros estão, nesta semana, de olho nos avanços da reforma tributária. A expectativa é de que o Ministério da Economia finalmente apresente a sua proposta amanhã.

O otimismo com o avanço da agenda de reformas contribui para alívio no dólar à vista e nos juros. A moeda americana alternou altas e quedas pela manhã, mas se firmou em baixa, e agora recua 0,81%, aos R$ 5,3367. Já os juros futuros fecharam em leve queda, com exceção daqueles com vencimento em janeiro de 2021:

  • Janeiro/2021: de 2,025% para 2,03%;
  • Janeiro/2022: de 2,95% para 2,92%;
  • Janeiro/2023: de 4,03% para 4,01%;
  • Janeiro/2025: de 5,48% para 5,47%.

Oi e Ser em disparada

A telefônica Oi (OIBR3), em recuperação judicial, disparava 19,01% na abertura após a notícia, no fim de semana, de que Tim, Claro e Telefônica fizeram proposta conjunta vinculante pela área de telefonia móvel da companhia. Às 16h32, porém, o papel subia "apenas" 9,92%.

As ações da Tim (TIMP3) e da Telefônica (VIVT4) estão entre as maiores altas do Ibovespa. No mesmo horário, avançavam, respectivamente, 5,87% e 5,76%.

Para analistas do Credit Suisse, a mais beneficiada pela transação seria a Tim, que ficaria com a maior parte dos ativos de telefonia móvel da Oi.

As ações da Ser Educacional (SEER3) também disparam nesta segunda. No mesmo horário, subiam 14,49%, embaladas pelo anúncio de que a companhia avalia a compra de ativos envolvendo o Grupo Laureate no Brasil.

O 'mistério' do Twitter da Via Varejo

Outra ação que figura entre as maiores altas do Ibovespa nesta segunda é a da Via Varejo (VVAR3), que passou a disparar depois que uma conta de Twitter atribuída à companhia divulgou dados operacionais fortes. No entanto, a sequência de tuítes foi posteriormente apagada sem maiores explicações. Às 16h32, os papéis subiam 7,35%.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Super Quarta

Saiba como ganhar dinheiro apostando na taxa básica de juros (Selic)

Entenda como apostar na alta e na queda da taxa Selic

RadioCash

Para Gustavo Loyola, ex-presidente do Banco Central, crescimento do PIB em 2022 será praticamente zero

Em entrevista ao podcast RadioCash, o economista deu sua opinião sobre a atual política monetária do BC, a situação do câmbio e afirmou que o cenário está difícil para reformas

MERCADOS HOJE

Ibovespa e bolsas globais colocam problemas com Evergrande de lado e buscam recuperação após tombo da véspera; dólar recua

A incerteza em torno dos problemas financeiros da gigante chinesa Evergrande persistem, mas as bolsas globais buscam recuperação após as perdas da véspera. Ibovespa monitora discurso de Bolsonaro na ONU

cautela nas alturas

O que mexe com o bitcoin (BTC) hoje: cautela antes da fala de presidente da CVM americana e Evergrande pressionam mercado de criptomoedas

Além disso, a cautela pré-Fed também deve limitar os ganhos. Enquanto isso, El Salvador segue comprando BTC e já acumula US$ 30 bi em criptomoedas

Mais do mesmo

Bolsonaro faz discurso politicamente moderado na ONU, mas alfineta governadores e prefeitos e defende ‘tratamento precoce’

Presidente atribuiu inflação acelerada a medidas de isolamento social adotadas na tentativa de deter o avanço do coronavírus

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies