Menu
2020-08-04T16:36:26-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
metal dourado em alta

Ouro renova recorde e fecha acima dos US$ 2.000

Força da commodity reflete enfraquecimento do dólar e queda das taxas de juros dos títulos públicos americanos

4 de agosto de 2020
15:19 - atualizado às 16:36
ouro
Imagem: Shutterstock

O ouro continua a todo vapor no mercado internacional. Os preços do metal dourado à vista subiram para US$ 2.004 a onça nesta terça-feira (4), rompendo uma importante barreira psicológica pela primeira vez na história, em um avanço de 1,42%.

Os contratos futuros do metal para o mês de dezembro também fecharam em forte alta, ganhando impulso no fim da sessão. O resultado foi um novo recorde de fechamento, com alta de 1,7%, cotado a US$ 2.021 a onça.

Para fechar acima dos US$ 2.000, a commodity reagiu à queda dos juros dos títulos públicos dos Estados Unidos e à moderação do preço dólar frente a seis moedas principais. Em relação ao real, o dólar opera em queda de 0,3% cotado a R$ 5,29, às 15h10. Confira nossa cobertura completa de mercados.

O enfraquecimento do dólar torna os ativos com preços em dólar mais atraentes aos compradores estrangeiros.

O desempenho positivo do ouro vem se reiterando desde o início da operação resgate dos governos pelo mundo, que inundaram suas economias com ajuda financeira para combater a pandemia de covid.

Os investidores estão apostando que a tendência de alta do metal prosseguirá, à medida que o dólar se enfraquece e as taxas de juros permanecem em torno de 0% em muitas partes do mundo.

Analistas do Bank of America Global Research prevêem que o ouro se elevará em 50% nos próximos 18 meses para cerca de US$ 3.000 a onça e veja outros metais preciosos se beneficiando no ambiente covid-19.

Especialistas em commodities dizem que os investidores estão monitorando os passos do Federal Reserve (banco central americano) em busca de novos sinais de estímulo monetário, enquanto parlamentares do Congresso dos Estados Unidos debatem outro pacote fiscal, que pode servir como catalisador para o próximo movimento do ouro, disse Carlo Alberto De Casa, analista-chefe na ActivTrades, em uma nota.

"Está claro que o nível de resistência de US$ 2.000 é um forte limiar para o preço e volumes significativos são colocados lá", escreveu ele. "Qualquer notícia sobre o novo estímulo monetário do Fed pode fazer o ouro romper o nível de resistência de US$ 2.000".

Na mesma esteira, os contratos futuros da prata para setembro subiram 6,6%, fechando a US$ 26,028 a onça depois que a commodity avançou 1% no dia anterior.

*Com informações do MarketWatch

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Que modorra!

Bolsa passa por correção, mas zera perdas na reta final do pregão; dólar retoma alta

Principal índice de ações da B3 passou por correção e ignorou durante a maior parte do dia o impulso do setor de tecnologia à bolsa de Nova York

setor público

Reforma administrativa economiza R$ 400 bi até 2034, aponta estudo

Mesmo restringido a reforma apenas a novos servidores, o setor público poderia economizar pelo menos R$ 24,1 bilhões em 2024 com a aprovação das mudanças no seu RH, liberando o governo para investir mais em saúde, educação e segurança pública, segundo centro de estudos

retomada em pauta

Recuperação está longe de concluída, diz presidente do Fed do Kansas

Esther George fez a declaração durante discurso sobre os bancos comunitários, no qual enfatizou o papel destes para dar estabilidade na crise e apoiar a recuperação

EXILE ON WALL STREET

Bife ancho on sale!

Um país com a trajetória fiscal em xeque mais todas as idiossincrasias tupiniquins deveria ser motivo mais do que suficiente para que todo investidor buscasse diversificação no exterior

inteligência artificial

Elon Musk critica anúncio da Microsoft e expõe insatisfação com projeto de IA

Empresa terá licença exclusiva para o GTP-3, modelo de linguagem de inteligência artificial criado pela OpenAI – iniciativa fundada sem o propósito lucrativo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements