Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Mercados
Publicações
Dólar teve alta

Tensão com o coronavírus freia os mercados e faz o Ibovespa ficar no zero a zero na semana

O coronavírus trouxe cautela aos mercados, mas não desencadeou uma onda de pessimismo. Como resultado, o Ibovespa ficou praticamente zerado na semana — a nova doença neutralizou o otimismo estrutural visto na bolsa nos últimos dias

mercados agora

Ibovespa cede à realização de lucros e cai, pressionado pela tensão externa; dólar sobe a R$ 4,18

Depois de cravar um novo recorde na sessão passada, o Ibovespa opera em queda nesta sexta-feira, com os investidores optando por embolsar parte dos lucros recentes. Notícias referentes à disseminação do coronavírus nos EUA também trazem cautela ao mercado

Eye of the tiger

Ibovespa Balboa: índice leva uma surra no começo do dia, mas vira a luta e crava uma nova máxima

Os temores quanto à disseminação do coronavírus colocaram o Ibovespa nas cordas durante a manhã. Mas, ajudado pelo bom desempenho das ações dos bancos, o índice partiu para cima e fechou em alta, chegando pela primeira vez aos 119 mil pontos

Mudando o rumo

Ibovespa vira para alta e chega aos 119 mil pontos, puxado pelas ações dos bancos; dólar cai a R$ 4,16

Após uma abertura em baixa por causa das tensões no exterior, o Ibovespa ganhou força, passou a subir e já busca novos recordes, impulsionado pelo bom desempenho dos papéis do setor bancário

De volta aos 118 mil pontos

Noticiário corporativo dá as cartas e Ibovespa sobe mais de 1%; dólar cai a R$ 4,17

Num dia de calmaria no exterior, o Ibovespa fechou em alta firme, impulsionado pelo bom desempenho das ações das siderúrgicas, da Eletrobras e do setor de papel e celulose.

Mercados hoje

Ibovespa se recupera das perdas de ontem e opera em alta; dólar cai a R$ 4,17

O Ibovespa e as bolsas globais se recuperam das perdas da sessão anterior, operando em alta nesta quarta-feira. O mercado segue monitorando o noticiário referente ao coronavírus

Vírus na China

Com um novo fator de risco no radar, o Ibovespa caiu mais de 1,5% e o dólar subiu a R$ 4,20

A confirmação de um caso da nova variante do coronavírus nos Estados Unidos trouxe cautela aos mercados, que temem um surto da doença. Como resultado, o Ibovespa caiu forte e o dólar teve mais um dia de alta

Tensão global

Ibovespa cai mais de 1% em meio à apreensão com vírus na China; dólar vai a R$ 4,20

O medo quanto a um surto de pneumonia provocado pela nova variação do coronavírus que surgiu na China aumenta a aversão ao risco nos mercados, derrubando o Ibovespa e levando o dólar à R$ 4,20

Perto dos 119 mil pontos

Ibovespa ganha força na reta final, fecha em alta e crava um novo recorde; dólar sobe a R$ 4,18

Após passar boa parte da sessão flutuando perto do zero a zero, o Ibovespa acordou nos últimos minutos e chegou a uma nova máxima histórica, engatando a terceira alta consecutiva. O dólar à vista, por outro lado, teve um dia mais pressionado e subiu a R$ 4,18

Mercados hoje

Ibovespa tem oscilações tímidas em dia de feriado nos EUA; dólar sobe e vai a R$ 4,18

Após uma abertura em baixa, o Ibovespa reduziu as perdas e, agora, oscila perto do zero a zero. A sessão é marcada pela liquidez reduzida, uma vez que as bolsas americanas estão fechadas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements