Menu
2020-04-21T18:40:49-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Mercados hoje

Bolsas globais caem com impactos econômicos do coronavírus e queda do petróleo

Bolsas asiáticas, europeias e americanas fecharam em qued; B3 permaneceu fechada hoje devido ao feriado

21 de abril de 2020
11:29 - atualizado às 18:40
Selo Mercados FECHAMENTO Ibovespa dólar
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

As bolsas globais fecharam com perdas nesta terça-feira (21) com os impactos econômicos do coronavírus e a continuidade do movimento de queda nos preços do petróleo no mercado futuro.

Em Nova York, o Dow Jones recuou 2,67%, para 23.018,88 pontos; o S&P 500 caiu 3,07%, a 2.739,56 pontos; e o Nasdaq fechou em queda de 3,48%, a 8.263,23 pontos. As empresas do setor de energia registram queda forte, e dados do setor de moradia piores do que o esperado também pesam nas negociações.

Os Estados Unidos informaram que a venda de moradias usadas caiu 8,5% na passagem de fevereiro para março, a 5,27 milhões. Analistas ouvidos pelo The Wall Street Journal previam queda menor, a 5,34 milhões.

Na Ásia e na Europa, as bolsas fecharam em queda generalizada. O índice pan-europeu Stoxx 600 caiu mais de 3%.

A queda do petróleo também pesou sobre os preços das empresas de energia, mas alguns dados econômicos também foram mal recebidos pelo mercado europeu.

Nesta manhã, dados britânicos mostraram desaceleração do número total de empregados de fevereiro para março, o que foi interpretado como consequência da pandemia de coronavírus.

Também saiu hoje o índice ZEW de expectativas econômicas na zona do euro, que subiu de -49,5 em março para +25,2 em abril. Mas a avaliação da atual situação da economia recuou de -48,5 em março para -93,9 em abril.

No Brasil, a B3 permaneceu fechada nesta terça em razão do feriado de Tiradentes, mas o fundo de índice (ETF) EWZ, que representa ações brasileiras na bolsa de Nova York, recuou 3,21%.

Os recibos de ações (ADR) da Petrobras negociados nos Estados Unidos recuaram 3,51%, para US$ 6,05, enquanto os da Vale caíram 2,63%, a US$ 7,78. Os ADRs do Itaú Unibanco perderam 4,59%, a US$ 4,055 e os do Bradesco registraram queda de 4,36%, a US$ 3,51.

Já o dólar se valorizou, tanto ante as moedas emergentes quanto às moedas dos países desenvolvidos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O melhor do Seu Dinheiro

A Pedra Filosofal do mercado financeiro e mais destaques da noite

O minério de ferro converteu-se na pedra filosofal dos mercados: tudo o que toca, vira ouro — como as ações da Vale e das siderúrgicas

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mercado Financeiro e a Pedra Filosofal

De certa maneira, o mercado financeiro está cheio de alquimistas: tentam transformar dinheiro em mais dinheiro. Ações, câmbio, títulos de renda fixa, fundos imobiliários — no fim, o objetivo dos investidores é multiplicar o patrimônio. O problema é que não há fórmula mágica. Nem sempre as poções funcionam; na verdade, é relativamente comum que o […]

FECHAMENTO

Commodities dão força extra e bolsa fecha o dia em alta firme enquanto NY fica no vermelho

Com o exterior negativo, restou ao setor de commodities e energia salvar o Ibovespa da cautela. O dólar à vista aproveitou e teve um dia de leve queda

Oferta de ações

Softbank deve participar do IPO da Dotz, dizem fontes

Mesmo com a participação do fundo japonês e da presença de dois investidores-âncora, a demanda pelas ações da Dotz no IPO ainda está apertada, segundo fontes

Alta nos preços chama atenção

Governo Biden ‘leva possibilidade de inflação muito a sério’, diz Casa Branca

A porta-voz do governo reforçou, no entanto, que a maioria dos analistas econômicos avalia que haverá um avanço temporário dos preços no país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies