Menu
2020-08-22T09:23:04-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
De 1 para 5 papéis

BDRs da Tesla, de Elon Musk, também terão desdobramento na B3

Para entender como funciona o desdobramento, pense em um bolo que passou a ser dividido em um número maior de pedaços. Cada titular de BDR da Tesla aqui na B3 receberá quatro papéis da empresa para cada um que possuir

22 de agosto de 2020
9:23
Tesla
Imagem: Shutterstock

Assim como aconteceu lá fora, os BDRs, recibos de ações da fabricante de carros elétricos Tesla negociados na bolsa brasileira, também passarão por um desdobramento de 1 para 5 papéis.

Para entender como funciona o desdobramento, pense em um bolo que passou a ser dividido em um número maior de pedaços. Com a aprovação da operação pela empresa do bilionário Elon Musk lá fora, cada titular de BDR da Tesla aqui na B3 receberá quatro papéis da empresa para cada um que possuir.

Com isso, o valor de cada ação e BDR da Tesla será dividido na mesma proporção, o que facilita o acesso do pequeno investidor aos papéis e tende a aumentar a liquidez.

Terão direito a participar desse evento os detentores de BDR em 28 de agosto. O crédito será realizado no dia 2 de setembro, de acordo com comunicado do Banco B3, depositário e emissor dos BDRs da Tesla.

Vale lembrar que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) decidiu permitir recentemente o investimento de pequenos investidores em todos os BDRs disponíveis para negociação na B3.

Atualmente, apenas os chamados investidores qualificados – que possuem pelo menos R$ 1 milhão – podem negociar os chamados BDRs "não patrocinados".

As ações da Tesla vivem uma verdadeira euforia lá fora, o que levou Elon Musk a se tornar o quarto homem mais rico do mundo. Aqui no Brasil, os BDRs da companhia (TSLA34) acumulam uma valorização impressionante de 613% apenas neste ano.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies