Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-09-02T18:10:06-03:00
Ricardo Gozzi
Estreantes na bolsa

Pague Menos dispara e Lavvi despenca em estreia na B3 após IPO

Analistas tiveram percepções divergentes sobre preços de estreia; rede de farmácias levantou R$ 800 milhões no IPO, enquanto a construtora conseguiu R$ 1,16 bilhão

2 de setembro de 2020
12:05 - atualizado às 18:10
Sede da B3 em São Paulo
Sede da B3 em São Paulo - Imagem: Shutterstock

Pague Menos e Lavvi viveram extremos opostos em suas respectivas estreias na B3. Enquanto as ações da rede de farmácias Pague Menos dispararam, os papéis da construtora Lavvi despencaram no primeiro pregão de ambas.

As duas empresas viram-se obrigadas a reduzir o preço de suas ações durante o processo de coleta de intenções de investimento no âmbito da abertura de capital.

Entretanto, a percepção dos investidores sobre os preços com que ambas estrearam na B3 foi diferente.

O ação da Pague Menos (PGMN3) foi precificada em R$ 8,50 no IPO (oferta pública inicial), abaixo do piso da faixa indicativa, que era de R$ 10,22.

A rede de farmácias captou R$ 800 milhões na oferta. Um analista citado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Estadão, comentou que o papel da Pague Menos ficou barato, na visão do mercado.

Já a Lavvi, uma subsidiária da Cyrela que atua com empreendimentos de alto padrão, teve sua ação precificada em R$ 9,50 no IPO, também abaixo do piso da faixa indicativa, que era de R$ 11. Mas os investidores acabaram considerando a depreciação insuficiente. A construtora conseguiu levantar R$ 1,16 bilhão.

Ao término do pregão de estreia, as ações da Pague Menos haviam subido 21,18%, fechando a R$ 10,30, enquanto os papéis ON da Lavvi (LAVV3) recuaram 8,63%, encerrando a R$ 8,68 por ação.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ÚLTIMO ADEUS?

De malas prontas para deixar a B3, Banco Inter (BIDI11) reverte prejuízo em lucro líquido de R$ 19,2 milhões no terceiro trimestre

O banco digital também celebrou a marca de 14 milhões de clientes no período, um salto de 94% na comparação com o terceiro trimestre de 2020

Tecnologia em foco

As big techs na balança: veja como foi o trimestre de Google, Microsoft e Twitter

Três das principais big techs americanas reportaram seus balanços nesta noite; veja como se saíram Alphabet/Google, Microsoft e Twitter

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Pressão nos juros, Elon Musk mais rico e o brilho das ações das elétricas

As projeções de bancos e economistas para a alta da Selic não param de subir. É possível ver essa tendência semanalmente no boletim Focus, divulgado toda segunda-feira pelo Banco Central, em relatórios de diversas casas de análise e na curva dos juros futuros — que não param de ser revisados para patamares cada vez mais […]

ACIONISTAS FELIZES

Farra dos dividendos: Santander (SANB11), Klabin (KLBN11) e Porto Seguro (PSSA3) anunciam proventos; banco espanhol vai pagar R$ 3 bilhões aos acionistas

Confira mais detalhes sobre os valores por ação, previsão para o pagamento e a data-limite para entrar na festa de cada uma das três empresas

MERCADOS HOJE

Ibovespa volta a cair mais de 2% na véspera da decisão do Copom; inflação salgada e fiscal deteriorado comandaram o dia

O mercado financeiro aguarda ansioso pelas palavras do BC, que devem pesar a recente deterioração do cenário fiscal e a elevação dos preços. O Ibovespa teve novo dia de perdas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies