Menu
2020-06-19T15:57:37-03:00
Felipe Saturnino
Felipe Saturnino
Graduado em Jornalismo pela USP, passou pelas redações de Bloomberg e Estadão.
Preço-alvo cortado

Ação da SulAmérica é elevada a compra por UBS com expansão de planos

Preço-alvo do papel, no entanto, foi cortado de R$ 62 para R$ 54, com base na redução para os lucros projetados de 2020 e 2021

19 de junho de 2020
15:35 - atualizado às 15:57
SulAmérica
Imagem: Divulgação

A ação da companhia de seguros SulAmérica (SULA11) teve a sua recomendação elevada de neutra para compra pelo UBS, de acordo com relatório assinado pelos analistas Vinicius Ribeiro e Mariana Taddeo.

Uma das razões para a elevação para compra é a expansão do portfólio do "Direto", que traz mais opções aos clientes, na visão do UBS. O Direto é uma linha de planos de saúde regionais da empresa.

Atualmente, a ação da SulAmérica negocia com um desconto "injustificado" em relação aos pares verticais — ou seja, empresas que atuam em toda a cadeia do setor, segundo o UBS.

O preço-alvo do papel, no entanto, foi cortado de R$ 62 para R$ 54, com base na redução para os lucros de 2020 e 2021 em 12% e 30%, respectivamente, por causa dos desinvestimentos da empresa e do menor resultado financeiro da companhia em razão de menores taxas de juros.

O declínio esperado de 5% e 9% nos prêmios nos preços dos planos de saúde também deve impactar o resultado da empresa e sustenta o novo preço para a ação.

A ação da SulAmérica sobe 4,50%, para R$ 45,71, na sessão desta sexta-feira (19) no Ibovespa. O índice acionário tem leve alta, de 0,25%, operando acima dos 96 mil pontos.

Mais participação

O UBS vê que a SulAmérica ganhou consistentemente participação no mercado através de preços mais baixos devido à eficiência de suas medidas.

"Mesmo em um cenário terrível para os planos de saúde privados, acreditamos que a maior flexibilidade da SulA e o lançamento do portfólio 'Direto' permitirá continuar ganhando participação", diz o banco.

Com as novas projeções para a covid-19 no Brasil, o UBS estima impacto de R$ 370 milhões sobre os custos médicos da Sul América e de 2 pontos percentuais na razão de perdas (que é a fração das perdas de uma seguradora por causa do direito ao recebimento como uma porcentagem dos prêmios obtidos).

Além disso, como a venda das unidades de seguros para automotivos e property and casualty deve ser concluída no 3º trimestre de 2020, o UBS prevê um impacto positivo de 40 milhões nos direitos reclamados com base nos dados de abril da Superintendência de Seguros Privados.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NÚMEROS DA PANDEMIA

Confirmadas mais 1.541 mortes por covid-19 em 24 horas

No período, número de novos casos de infecção pela covid-19 atinge 65.998, de acordo com dados do Ministério da Saúde

Sextou com o Ruy

Certeza é para idiotas. Como ganhar na bolsa mesmo sem saber para que lado a ação vai andar

Nesta semana eu consegui realizar um lucro de 1.250% com uma opção de Petrobras, e nem precisei adivinhar para onde a ação iria

IR 2021

Prazo para envio de informe de rendimentos termina nesta sexta; saiba o que fazer caso não receba algum deles

Saiba que informes de rendimentos você deve esperar receber até o fim do dia de hoje; documento é essencial para preencher declaração de imposto de renda e comprovar informações junto à Receita Federal

Pegue o passaporte

Como usar os ETFs para escapar do risco Brasil e investir nas bolsas globais sem sair da B3

Qualquer investidor com uma conta em corretora pode ter acesso hoje mesmo a uma cesta de ativos que representa as ações das maiores empresas do mundo

Reverteu prejuízo

Vale termina 2020 com lucro de US$ 4,9 bilhões e aprova dividendos

Mineradora conseguiu reverter prejuízo do ano anterior e aprovou distribuição de dividendos, mas lucro trimestral veio abaixo do esperado pelo mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies