Menu
2019-11-15T18:52:03-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Abertura de capital

XP Investimentos dá a largada para o IPO e apresenta documentos à CVM americana

A XP Investimentos protocolou os documentos referentes ao seu processo de abertura de capital nos EUA. A operação será feita na Nasdaq, com ofertas primárias e secundárias

15 de novembro de 2019
18:52
XP Investimentos Dinheiro
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Agora é oficial: a XP Investimentos planeja abrir seu capital nos Estados Unidos. Há pouco, a empresa brasileira protocolou os documentos referentes ao IPO (oferta pública inicial de ações) na SEC, órgão regulador do mercado acionário americano — uma instituição equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O prospecto ainda é preliminar, mas já traz algumas informações importantes quanto aos planos da XP nos EUA. A começar pela escolha da Nasdaq para o IPO — a bolsa é conhecida por abrigar empresas do setor de tecnologia, em contraste com a NYSE, que serve como lar para companhias de ramos mais "tradicionais".

A operação será realizada através de ofertas primárias (quando são emitidos novos papéis e os recursos levantados vão para o caixa da empresa) e secundárias (quando são vendidos papéis que já existem e, assim, o dinheiro vai para os atuais acionistas).

Entre os acionistas que venderão parte de suas posições na oferta secundária, estão os fundos General Atlantic e Dynamo, além dos próprios sócios da XP Investimentos. A faixa indicativa de preço para as ações e a quantidade de papéis que serão ofertados ainda não foram definidos.

No documento, a XP diz que usará os recursos a serem obtidos na oferta primária para investir em novos serviços financeiros, como bancos digitais, meios de pagamento e seguros. A companhia também diz que pretende levantar caixa para "eventuais oportunidades de compra" e acelerar a captação de clientes, entre outros usos.

Uma carta de Benchimol

Em mensagem, o fundador da XP, Guilherme Benchimol, diz ter confiança na percepção de que, através do IPO, a companhia conseguirá se conectar com alguns dos maiores e mais inteligentes investidores do mundo, e que essa é a melhor maneira de fazer a empresa capturar as oportunidades que se desenham adiante.

"Eu quero enfatizar a todos os nossos potenciais investidores que a métrica mais importante que nos guia no longo prazo é a qualidade dos nossos serviços e nosso comprometimento aos consumidores", diz Benchimol. "Essa é a única maneira pela qual atingiremos nossas metas audaciosas e nos tornaremos a maior empresa de investimentos e serviços financeiros do Brasil".

A XP em números

No documento protocolado na SEC, a XP diz possuir uma base com mais de 1,5 milhão de clientes. Nos primeiros nove meses desse ano, a companhia gerou uma receita líquida de R$ 3,43 bilhões, alta de 65,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

O lucro líquido reportado entre janeiro e setembro de 2019 chegou a R$ 699 milhões, quase o dobro dos R$ 352 milhões registrados nos primeiros nove meses de 2018. Os ativos sob custódia da XP chegavam a R$ 350 bilhões ao fim de setembro deste ano.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

AGRONEGÓCIO

Brasil retoma posto de maior produtor de soja do planeta

o Brasil deverá colher um recorde de 247,4 milhões de toneladas de grãos na safra que se encerra neste ano, 2,5% acima de 2019, conforme o IBGE.

CORONACRISE

Pandemia causou impacto em 57% das companhias exportadoras, revela CNI

Em 42% das empresas afetadas, vendas externas caíram a menos da metade

FII do mês

Os melhores fundos imobiliários para investir em julho segundo 7 corretoras

FII queridinho do mês recebeu quatro indicações, mas outros cinco fundos receberam duas indicações cada um

mp 925

Câmara conclui votação de MP da Aviação e texto segue para Senado

A proposta traz ações emergenciais ao setor de aviação civil para mitigar os efeitos da crise gerada pela pandemia

mundo aéreo

Azul vende participação de 6% na TAP para governo português, por R$ 65 milhões

A companhia aérea Azul informou nesta quarta-feira, 8, que vendeu a participação indireta de 6% que detinha na aérea portuguesa TAP, para o governo de Portugal. O valor fechado foi de R$ 65 milhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements