Menu
2019-05-04T13:50:56-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Nunca é tarde

Warren Buffett arrependido? Holding do megainvestidor compra ações da Amazon

Porém, não é ele quem está por trás das compras. De acordo com uma entrevista que deu ontem (2) ao canal CNBC, Buffett destacou que um dos seus funcionários que administra o dinheiro da companhia foi o responsável pela decisão

3 de maio de 2019
10:59 - atualizado às 13:50
Warren_Buffett
Imagem: Wikimedia commons

Mesmo sendo um fã de carteirinha da grandiosa Amazon, o megainvestidor e empresário Warren Buffett nunca adquiriu nenhum papel da empresa considerada a mais valiosa do mundo. Mas, segundo informações do canal norte-americano CNBC, a Berkshire Hathaway, holding do qual é dono, andou comprando papéis da companhia.

Porém, não é ele quem está por trás das compras. De acordo com uma entrevista que deu ontem (2) ao site, Buffett destacou que um de seus funcionários que administra o dinheiro da companhia foi o responsável.

Na opinião da CNBC, a decisão deve ter sido de Todd Combs ou de Ted Weschler, gestores que fazem a administração de portfólios de mais de US$ 13 milhões de equities cada para a Berkshire.

No passado, o empresário já adquiriu ações de outras empresas de tecnologia como Apple e IBM. Mas, no caso da Amazon, ainda que Buffett sempre tenha elogiado a performance da companhia e a gestão, que é comandada por Jeff Bezos, o empresário nunca comprou nenhum papel da empresa mais valiosa do mundo.

"Sim, eu sou um grande fã e tenho sido um idiota por não ter comprado ações da Amazon", destacou o megainvestidor em entrevista ao canal CNBC.

E essa não foi a primeira vez que o empresário mostrou-se arrependido. Cerca de dois anos antes, Buffett disse que não imaginava que a companhia alcançaria a escala que tem hoje e que mudaria o seu comportamento e o comportamento de todos.

Amazon hoje

Mal sabia ele que dois anos depois, a receita da gigante do comércio eletrônico cresceria 41% no primeiro trimestre de 2019, ajudando a companhia a superar todas as expectativas de analistas.

E nem que o valor de mercado da empresa seria de US$ 935 bilhões, segundo o fechamento de ontem (2). Já a cotação do papel encerrou a última quinta-feira em US$ 1.900,82. 

Mesmo sem ter comprado diretamente nenhum papel da Amazon, a informação de que agora a holding de Buffett teria adquirido ações da empresa pode animar os mercados nesta sexta-feira.
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

ALÍVIO

Mortes por covid-19 chegam ao menor nível desde maio, diz Fiocruz

Média móvel de novos casos ficou em 22.483 no sábado, alta de 11% em relação aos casos da semana anterior

LUTO

Morre presidente da Samsung, aos 78 anos

Lee Kun-hee foi responsável por transformar a companhia em um dos maiores conglomerados do mundo

INFLAÇÃO

Custo alto deve se manter até 2021 no material de construção

Superaquecimento de itens é reflexo de distorção entre oferta e demanda, diz pesquisadora da FGV

“efeito de três pontos”

O [mau] comportamento dos mercados: as semelhanças entre a trajetória do câmbio e de uma bola de basquete

O câmbio vai oscilar ao gosto das notícias – das guerras comerciais à falta de agenda econômica do governo federal. Mas existe um estranho – e ainda pouco compreendido – “efeito de três pontos”.

DRAGÃO COM FOME

Comida pressiona inflação até o fim do ano, dizem analistas

Dólar em alta, oferta escassa por causa da entressafra e o auxílio emergencial estão provocando o aumento dos preços

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies