Menu
2019-02-08T22:03:22-02:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Desastre com barragem

Vale apresenta proposta à Justiça para ressarcir famílias de vítimas em Brumadinho

Valores a serem pagos podem chegar a R$ 300 mil, a serem pagos aos cônjuges e filhos

8 de fevereiro de 2019
22:03
A mineradora Vale
Negociações entre Vale e o MPT estão em andamentoImagem: Shutterstock

A Vale apresentou nesta sexta-feira, 8, uma proposta para indenização aos familiares dos trabalhadores que foram vítimas do rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). Os pontos foram levados em reunião de negociação com o Ministério Público do Trabalho (MPT).

Por danos morais, a Vale propõe indenizações de acordo com o parentesco em relação aos funcionários que foram vítimas do rompimento. Os valores chegam a R$ 300 mil para cônjuges ou companheiros e para cada filho. Para pai e mãe, indenização de R$ 150 mil para cada um, e para irmãos, R$ 75 mil para cada.

Já por danos materiais, a Vale propôs o pagamento mensal do correspondente a 2/3 de um salário mensal líquido do trabalhador até a data em que ele completaria 75 anos. Para os empregados, a Vale dará garantia de emprego ou salário até o final deste ano.

Custos médicos

A proposta prevê ainda a cobertura dos custos com plano médico para familiares dos trabalhadores próprios e terceirizados, no regime de credenciamento, com abrangência no Estado de Minas, sendo vitalício para aqueles que tiveram cônjuges ou companheiros mortos na tragédia, e até os 22 anos para os dependentes.

A Vale afirma que as negociações estão em andamento, mas que após a reunião assumiu alguns compromissos de imediato, como a garantia de emprego e plano médico, atendimento psicológico aos trabalhadores até alta médica, auxílio-creche de R$ 920 para os filhos de até 3 anos de idade dos trabalhadores, e auxílio-educação de R$ 998 para os filhos até completarem 18 anos.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Proventos

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 416 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP)

Terão direito ao provento os investidores com posição acionária na empresa no dia 11 de março

o melhor do seu dinheiro

Brandão balança mais não cai?

Chegamos ao fim de mais uma semana tensa nos mercados, que começou com a derrocada das ações da Petrobras, em razão da interferência do governo na presidência da estatal, e termina com pressões na bolsa e no dólar motivadas pelas preocupações dos investidores com a inflação nos Estados Unidos e alta nas taxas dos títulos […]

URGENTE

Hapvida e NotreDame chegam a um acordo sobre fusão, afirma site

A maior combinação entre duas empresas brasileiras criará uma gigante do setor de saúde, com um valor de R$ 110 bilhões.

fechamento da semana

Tensão em Brasília leva Ibovespa de volta aos 110 mil pontos e afunda estatais; dólar vai a R$ 5,60

Em semana marcada pela tensão entre governo e mercado, o Ibovespa recuou 7,09%, de volta aos 110 mil pontos. O dólar disparou acima dos R$ 5,60

Abandonando o barco?

Ações do Banco do Brasil recuam quase 5% com possibilidade de saída de André Brandão

Brandão tem mostrado insatisfação com o cargo e quer deixar o comando da estatal, segundo jornal; BB nega que presidente tenha renunciado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies