Menu
2019-10-14T14:33:48-03:00
Estadão Conteúdo
Olho na Vale

Polícia apresentará em breve acusações criminais por Brumadinho, diz fonte

Autoridades devem acusar formalmente entre oito e 12 pessoas pelo crime de falsa representação na primeira de uma série de acusações

17 de setembro de 2019
20:01 - atualizado às 14:33
Barragem da Vale rompe em Brumadinho (MG)
Imagem: Polícia Militar de MG/Divulgação

A polícia do Brasil deve anunciar as primeiras acusações contra funcionários da gigante mineradora Vale e a companhia de inspeção alemã TÜV SÜD já nesta semana por causa do colapso da barragem ocorrido em janeiro em Brumadinho, de acordo com uma pessoa ligada à investigação.

A polícia deve acusar formalmente entre oito e 12 pessoas das duas companhias pelo crime de falsa representação na primeira de uma série de acusações, alegando que os certificados produzidos pela companhia alemã para atestar a estabilidade da barragem foram emitidos de maneira fraudulenta, disse a fonte, sem nomear os suspeitos.

"Os indivíduos acusados inventaram uma metodologia inadequada para justificar dar à barragem uma nota mínima de segurança", afirmou a pessoa, acrescentando que os estudos forenses da polícia mostraram que os métodos usados foram insuficientes para garantir a estabilidade da barragem.

Pela lei brasileira, a polícia pode apenas formalmente acusar os suspeitos, enquanto cabe aos procuradores apresentar as acusações perante um juiz. A polícia continua a investigar pessoas da Vale e da TÜV SÜD por homicídio e crimes ambientais pelo episódio de Brumadinho, que deixou 270 mortos no pior desastre do tipo em mais de meio século. A polícia deve recomendar mais acusações contra pessoas e empresas ao longo da investigação, disseram investigadores.

Um porta-voz da TÜV SÜD disse que a companhia não comentaria o caso, além de dizer que coopera totalmente com as autoridades na investigação. Uma porta-voz da Vale não quis comentar. A Vale tem dito que não tinha conhecimento de nenhum risco iminente e que coopera totalmente com as autoridades.

Fonte: Dow Jones Newswires

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

em busca de energia limpa

Criptomoedas: Elon Musk diz que Tesla vendeu 10% do que detinha em bitcoin

Segundo executivo, operação prova que a criptomoeda poder ser liquidada facilmente “sem mover o mercado”

imunização

Governo de São Paulo adianta em 30 dias vacinação contra a covid-19; veja novas datas

Plano é vacinar toda a população adulta do estado, ao menos com a primeira dose, até o dia 15 de setembro

luto

Ex-presidente do BC Carlos Langoni morre de covid-19 no Rio

Carlos Langoni trabalhou no governo na virada das décadas de 1970 e 1980, quando foi presidente do BC; ele colaborou com a equipe econômica do ministro Paulo Guedes, quase 40 anos depois

nos eua

Nova ‘ação meme’? Orphazyme dispara quase 1400% em um dia e mercado não sabe por quê

Investidores da empresa aguardam uma importante atualização sobre um tratamento experimental para a doença de Niemann-Pick; sem novidades, mercado não sabe a razão da alta

entrevista

Superávit primário pode voltar em 2024, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt diz que a melhora no quadro fiscal do País não é “sorte”; confira a entrevista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies