Menu
2019-10-14T14:33:48-03:00
Olho na Vale

Polícia apresentará em breve acusações criminais por Brumadinho, diz fonte

Autoridades devem acusar formalmente entre oito e 12 pessoas pelo crime de falsa representação na primeira de uma série de acusações

17 de setembro de 2019
20:01 - atualizado às 14:33
Barragem da Vale rompe em Brumadinho (MG)
Imagem: Polícia Militar de MG/Divulgação

A polícia do Brasil deve anunciar as primeiras acusações contra funcionários da gigante mineradora Vale e a companhia de inspeção alemã TÜV SÜD já nesta semana por causa do colapso da barragem ocorrido em janeiro em Brumadinho, de acordo com uma pessoa ligada à investigação.

A polícia deve acusar formalmente entre oito e 12 pessoas das duas companhias pelo crime de falsa representação na primeira de uma série de acusações, alegando que os certificados produzidos pela companhia alemã para atestar a estabilidade da barragem foram emitidos de maneira fraudulenta, disse a fonte, sem nomear os suspeitos.

"Os indivíduos acusados inventaram uma metodologia inadequada para justificar dar à barragem uma nota mínima de segurança", afirmou a pessoa, acrescentando que os estudos forenses da polícia mostraram que os métodos usados foram insuficientes para garantir a estabilidade da barragem.

Pela lei brasileira, a polícia pode apenas formalmente acusar os suspeitos, enquanto cabe aos procuradores apresentar as acusações perante um juiz. A polícia continua a investigar pessoas da Vale e da TÜV SÜD por homicídio e crimes ambientais pelo episódio de Brumadinho, que deixou 270 mortos no pior desastre do tipo em mais de meio século. A polícia deve recomendar mais acusações contra pessoas e empresas ao longo da investigação, disseram investigadores.

Um porta-voz da TÜV SÜD disse que a companhia não comentaria o caso, além de dizer que coopera totalmente com as autoridades na investigação. Uma porta-voz da Vale não quis comentar. A Vale tem dito que não tinha conhecimento de nenhum risco iminente e que coopera totalmente com as autoridades.

Fonte: Dow Jones Newswires

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

comércio eletrônico

Desde o início da pandemia, e-commerce brasileira já ganhou 135 mil lojas

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), desde o início da pandemia mais de 135 mil lojas aderiram às vendas pelo comércio eletrônico para continuar vendendo e mantendo-se no mercado

atualização dos dados

Brasil tem 1,66 milhão de casos confirmados do novo coronavírus

Foram 1.254 novas mortes e 45.305 novas pessoas infectadas registradas nas últimas 24 horas, conforme atualização do Ministério da Saúde divulgada hoje

destravando o crédito

Banco do Brasil atinge R$ 3,3 bilhões em empréstimos no Pronampe em dois dias

Banco do Brasil se aproxima, assim, da meta de esgotar os recursos da iniciativa, aposta do governo Bolsonaro para destravar o crédito, ainda nesta semana

Prévia operacional

MRV bate recorde de vendas no 2º trimestre, totalizando R$ 1,81 bi e 11,5 mil unidades

Segundo prévia operacional, companhia também bateu recorde de volume de repasses, graças à regularização do Minha Casa Minha Vida

seu dinheiro na sua noite

A bolsa cheia e um restaurante vazio

Depois de quase quatro meses em home office, voltei a pisar hoje na redação do Seu Dinheiro. Foi uma passagem de um único dia para tratar de alguns assuntos com a Marina Gazzoni. Ela já retomou a rotina de vir ao nosso escritório duas vezes por semana, enquanto eu sigo na equipe que está em home […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements