Menu
2019-04-04T14:15:42-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Impacto direto na produção

Vale anuncia que vai eliminar barragens como as de Mariana e Brumadinho e paralisa mineração

Para esvaziar as barreiras, a empresa estima que deixará de produzir 40 milhões de toneladas de minério de ferro ao ano. Plano de segurança é estimado em R$ 5 bilhões

29 de janeiro de 2019
20:43 - atualizado às 14:15
O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman
Schvartsman concedeu uma entrevista coletiva para falar sobre o desastre de Brumadinho - Imagem: Tomaz Silva/Agência Brasil

A Vale anunciou nesta terça-feira, 29, que vai eliminar dez barragens que possuem o mesmo método de construção daquelas que se romperam nas cidades de Mariana e Brumadinho. De acordo com o presidente da empresa, Fabio Schvartsman, todas as barragens ficam em Minas Gerais. O plano de segurança vai custar R$ 5 bilhões à Vale.

Schvartsman concedeu uma entrevista coletiva para falar sobre o desastre de Brumadinho. Segundo ele, Vale  possuía 19 barragens com a chamada "construção a montante", e que nove delas já haviam sido "descomissionadas". "Todas elas estão desativadas. Descomissionar significa deixa de ser barragens. São esvaziadas ou integradas ao meio ambiente", completou.

Ainda de acordo com o presidente da empresa, todas barragens desse modelo já estavam inativas e que o trabalho agora será acelerar a eliminação dos rejeitos armazenados. Esse processo, segundo ele, levará de um a três anos.

Impacto na produção

Para conseguir esvaziar todas as barragens, a Vale tomou a decisão de interromper as atividades de mineração em áreas próximas a cada uma delas. Com isso, a empresa estima que deixará de produzir 40 milhões de toneladas de minério de ferro ao ano e 11 milhões de toneladas de pelotas, que são pequenas bolinhas feitas a partir de minério de ferro fino e usadas na fabricação de aço.

Para se ter uma ideia, em 2017, a Vale produziu 366,511 milhões de toneladas de minério de ferro.

*Com Estadão Conteúdo.

 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Interrompendo o casamento

Movida faz pedido ao Cade para barrar união entre Unidas e Localiza

De acordo com a companhia, isso geraria uma concorrência desleal no setor, com a nova empresa tendo 65% do mercado brasileiro de aluguel e 29% do mercado de frotas

vai mexer

Após polêmica com demissão de Castello Branco, governo indica nomes para o conselho da Petrobras

Cinco membros do colegiado pediram para não serem reconduzidos após interferência de Bolsonaro no comando da estatal

MERCADOS HOJE

Ibovespa opera em queda firme com piora da pandemia no país; dólar vai a R$ 5,72

Os mercados internacionais têm mais um dia de cautela, acompanhando uma nova alta do retorno dos títulos públicos americanos. No Brasil, o cenário da pandemia preocupa

Exile on Wall Street

Sem flores por hoje

Interrompemos nossa programação para uma verdade necessária: temos pouco a comemorar neste Dia Internacional da Mulher. Confesso que nunca aceitei bem a ideia de homenagem embutida nesta data. Sinto que temos tanto a conquistar e estamos tão atrasadas nessa agenda que, para mim, o 8 de março é menos sobre flores e mais sobre dar […]

ouça de graça

Tela Azul #22: A vida difícil dos PJs, Startups e o Venture Capital no Brasil

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Rodrigo Tognini, CEO do Conta Simples, uma startup brasileira que une serviços bancários para PJ, com ferramentas que facilitam a gestão financeiras das empresas.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies