Menu
2019-04-04T14:15:42-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Impacto direto na produção

Vale anuncia que vai eliminar barragens como as de Mariana e Brumadinho e paralisa mineração

Para esvaziar as barreiras, a empresa estima que deixará de produzir 40 milhões de toneladas de minério de ferro ao ano. Plano de segurança é estimado em R$ 5 bilhões

29 de janeiro de 2019
20:43 - atualizado às 14:15
O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman
Schvartsman concedeu uma entrevista coletiva para falar sobre o desastre de Brumadinho - Imagem: Tomaz Silva/Agência Brasil

A Vale anunciou nesta terça-feira, 29, que vai eliminar dez barragens que possuem o mesmo método de construção daquelas que se romperam nas cidades de Mariana e Brumadinho. De acordo com o presidente da empresa, Fabio Schvartsman, todas as barragens ficam em Minas Gerais. O plano de segurança vai custar R$ 5 bilhões à Vale.

Schvartsman concedeu uma entrevista coletiva para falar sobre o desastre de Brumadinho. Segundo ele, Vale  possuía 19 barragens com a chamada "construção a montante", e que nove delas já haviam sido "descomissionadas". "Todas elas estão desativadas. Descomissionar significa deixa de ser barragens. São esvaziadas ou integradas ao meio ambiente", completou.

Ainda de acordo com o presidente da empresa, todas barragens desse modelo já estavam inativas e que o trabalho agora será acelerar a eliminação dos rejeitos armazenados. Esse processo, segundo ele, levará de um a três anos.

Impacto na produção

Para conseguir esvaziar todas as barragens, a Vale tomou a decisão de interromper as atividades de mineração em áreas próximas a cada uma delas. Com isso, a empresa estima que deixará de produzir 40 milhões de toneladas de minério de ferro ao ano e 11 milhões de toneladas de pelotas, que são pequenas bolinhas feitas a partir de minério de ferro fino e usadas na fabricação de aço.

Para se ter uma ideia, em 2017, a Vale produziu 366,511 milhões de toneladas de minério de ferro.

*Com Estadão Conteúdo.

 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Mais uma na bolsa

Investindo no banco de investimentos: BR Partners sobe forte na estreia na bolsa

A BR Partners, banco de investimentos independente, concluiu seu IPO e estreou na bolsa nesta segunda — e a recepção do mercado foi boa

Tela azul

O “selo Buffett” no Nubank, a falha da Coca-Cola com CR7 e uma fraude no setor de tecnologia; confira os destaques da edição #37 do Tela Azul

Richard Camargo, André Franco e Vinícius Bazan comentam os principais assuntos no mundo das techs em papo descontraído e reforçam o convite para o evento que vai revelar as ações de tecnologia mais promissoras do momento

Bola rebola

Show das poderosas: Nubank estreia dueto com Anitta e cala os críticos com primeiro lucro

Fintech que já vale US$ 30 bilhões tem primeiro resultado positivo na história e anuncia contratação da cantora para compor o conselho de administração

Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies