Menu
2019-04-20T16:43:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ex-ministra do STF

Vale anuncia Ellen Gracie para liderar comitê que apura desastre de Brumadinho

Grace foi indicada pela consultoria Korn Ferry e confirmada pelo conselho da mineradora ao cargo nessa quarta-feira

31 de janeiro de 2019
9:05 - atualizado às 16:43
Ex-ministra do STF, Ellen Gracie
Ex-ministra do STF, Ellen Gracie - Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A Vale anunciou a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie, para coordenar um comitê que apura as causas da tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais.

O anúncio foi realizado nessa quarta-feira, 30.

Grace foi indicada pela consultoria internacional Korn Ferry e confirmada pelo conselho da mineradora.

O Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Apuração (CIAEA) foi criado pela Vale no último domingo.

Em nota, a empresa destaca que o comitê "foi criado para apoiar o Conselho de Administração na apuração de causas e eventuais responsabilidades no contexto do rompimento da Barragem I da Mina Córrego de Feijão, em Brumadinho (MG)".

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies