Menu
2019-09-19T12:31:07-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Startup

Airbnb quer se hospedar na bolsa e anuncia planos para oferta de ações em 2020

Empresa que conecta usuários interessados em alugar apartamentos ou quartos por temporada com os proprietários foi avaliada em mais de US$ 30 bilhões

19 de setembro de 2019
12:31
airbnb
Imagem: Divulgação

O Airbnb, empresa de aluguel online de imóveis por temporada, quer se hospedar na bolsa. A startup anunciou nesta quinta-feira os planos de ter ações listadas no mercado em 2020.

A notícia já leva o mercado a estimar qual será o valor do Airbnb no futuro IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações). Na última rodada de captação, a startup foi avaliada em pouco mais de US$ 30 bilhões (R$ 124 bilhões no câmbio de hoje), segundo informações da Bloomberg.

O Airbnb conecta usuários interessados em alugar apartamentos ou quartos por temporada com os proprietários. A receita da empresa vem de uma taxa cobrada por transação.

A startup foi criada na cidade norte-americana de San Francisco por Brian Chesky e Joe Gebbia, que começaram alugando um espaço no próprio imóvel cobrando uma diária de US$ 80.

Assim como outras startups nascidas na era dos smartphones, o Airbnb atua na fronteira da regulação. Enquanto o Uber, por exemplo, enfrentou a ira dos motoristas de táxi nas cidades onde passou a atuar, a briga da empresa é com os hotéis.

A startup já opera em várias cidades, mas ainda enfrenta resistência em grandes centros, como Nova York.

O Airbnb terá de enfrentar ainda o ceticismo dos investidores de bolsa, que perderam dinheiro ao investir em outras startups promissoras que abriram o capital neste ano, como Uber e Lyft. Essa desconfiança inclusive levou a empresa de escritórios compartilhados WeWork a adiar os planos de IPO, que estava previsto para este mês.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

crise de saúde

Brasil tem 28.834 mortes por covid-19

Foram incluídas nas estatísticas 33.274 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, somando 498.440 casos confirmados

conflito entre poderes

‘Tudo aponta para uma crise’, diz Bolsonaro sobre decisões do STF e e TSE

Decisões recentes de Cortes miram a família, aliados e a sua campanha presidencial em 2018

dados da anp

403 estão contaminados pelo coronavírus em unidades de produção de petróleo

ANP reiterou o registro de uma morte de funcionário de uma embarcação de apoio à produção que desembarcou no dia 24 de abril

crise política

PF quer ouvir Bolsonaro no inquérito sobre interferências na corporação

Como presidente, Bolsonaro pode optar pelo depoimento por escrito

situação crítica

Acordo fixa prazo de 20 dias para análise de pedidos de auxílio de R$ 600

Em redes sociais, usuários chegam a relatar espera superior a 40 dias para receber uma resposta da solicitação

conflito entre poderes

Maia diz que Bolsonaro ‘desorganiza e gera insegurança’

Na última quinta-feira, 28, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), se reuniu com Bolsonaro para pedir a pacificação entre os Poderes. Maia decidiu não acompanhar o colega na visita

sem reabertura agora

Prefeitura de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho

De acordo com Covas, não haverá nenhum tipo de mudança na autorização de funcionamento dos setores que atualmente estão proibidos de abrir à população.

diante da crise

Abrindo a economia agora, vamos ter de fechar de novo, diz ex-presidente do BC

Affonso Celso Pastore disse que vê como prematura a reabertura antes do início do achatamento da curva de mortes pela Covid-19; estados anunciaram nos últimos dias a flexibilização

histórico

SpaceX, do bilionário Elon Musk, lança astronautas da Nasa pela primeira vez; veja vídeo

Neste sábado, às 16h22 (pelo horário de Brasília), foguete da empresa decolou, marcando mais um avanço do setor privado sobre a exploração espacial

efeito coronavírus

Latam tem prejuízo de US$ 2,1 bilhões no primeiro trimestre

Segundo explica a companhia em suas demonstrações financeiras, o principal fator responsável pelo resultado final foi um ajuste contábil (impairment) de US$ 1,729 bilhão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements