Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-12T16:42:19-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
RECOMENDAÇÃO

UBS eleva ações da Localiza para compra e inicia cobertura de Unidas e Movida como neutra

O UBS também aumentou o preço-alvo dos papéis ordinários da empresa para R$ 56, ante R$ 47,80, o que representaria uma alta de quase 23% em relação ao fechamento do pregão da última terça-feira

12 de dezembro de 2019
16:42
Bandeiras das empresas Movida, Localiza e Unidas em carros de fórmula um
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Não é de hoje que as ações do setor de locação de carros vêm chamando a atenção dos investidores. E há muito mais por vir. Só que na opinião dos analistas Rogerio Araujo, Alberto Valerio e Andressa Varotto do banco UBS, o grande destaque vai para os papéis da Localiza (RENT3).

Em relatório enviado ontem (11), os especialistas elevaram as ações da Localiza para compra. Anteriormente, a recomendação era neutra. O UBS também aumentou o preço-alvo dos papéis ordinários da empresa para R$ 56, ante R$ 47,80, o que representaria uma alta de quase 23% em relação ao fechamento do pregão da última terça-feira.

Os analistas também iniciaram a cobertura do papéis da Movida (MOVI3) e Unidas (LCAM3), mas com recomendação neutra ou manutenção. No caso do Movida, o preço-alvo em 12 meses foi de R$ 19,20, enquanto que os papéis da Unidas ficaram com preço-alvo de R$ 20,80.

Segundo Araujo, Valerio e Varotto, o aumento do preço-alvo da ação é reflexo do crescimento elevado e superior da Localiza em relação às concorrentes.

"Nós acreditamos que as locadoras listadas vão continuar a se expandir significativamente em volume nos próximos anos - especialmente por conta do crescimento do setor de locação de carros e aumento da concentração do mercado de aluguel. Nós acreditamos que a Localiza é o melhor veículo para surfar esse movimento", destacam os três.

Em sua justificativa, eles ainda pontuaram que o crescimento maior mesmo em um cenário mais comprimido em termos de indústria faria com que o spread do retorno sobre o capital investido (Roic) caísse para 6,5%, sendo que a média histórica é de 8,4%.

Porém, o spread da Localiza continuaria maior que o dos concorrentes. Segundo os analistas, o spread (diferença entre os preços de compra e venda dos veículos) da Movida e Unidas ficaria em torno de 5%.

Mesmo sem detalhar muito o motivo da recomendação neutra para as ações de Unidas e Movida, os três destacaram que construíram um modelo focado em analisar diversos indicadores das duas companhias e que devem melhorá-lo continuamente.

Por volta das 16h34, os papéis ordinários da Localiza apresentavam alta de 1,89%, cotados em R$ 46,47. Os papéis da Unidas e da Movida, por sua vez, também seguiam a tendência de alta com expansão de 3,97%, cotados em R$ 19,39 e 0,59%, cotados em R$ 17,02, respectivamente.

No ano, as ações que apresentam maior valorização são os papéis da Localiza, com alta de 100,35%. Em seguida, estão as ações da Unidas, com expansão de 57,37% e Localiza, com crescimento de 57,35%.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ACIONISTAS FELIZES

‘Sextou’ com dividendos: Raia Drogasil (RADL3) e MRS Logística (MRSA3B) anunciam R$ 201 milhões em proventos

Ambas as companhias detalharam o valor por ação, a data de corte para receber os proventos e quando o dinheiro deverá cair na conta dos acionistas

FECHAMENTO DA SEMANA

Em semana de alta volatilidade, Ibovespa pega carona com PEC dos precatórios e sobe 2,78%; dólar também avança, mas juros passam por alívio

Variante ômicron, PEC dos precatórios e o futuro da política monetária americana dominaram a semana do Ibovespa

Evergrande vende parte de suas ações de empresa de tecnologia e obtém US$ 145 mi

O grupo chinês da Evergrande levantou cerca de US$ 145 milhões nos últimos dias com a venda de parte de suas ações em uma produtora de filmes e empresa de mídia na internet, a HengTen Networks. Assim, a gigante imobiliária vendeu cerca de 5,7% das ações da HengTen Networks e junta mais dinheiro à medida […]

Aperto monetário

Copom deve elevar Selic para 9,25% ao ano na próxima semana, aposta JP Morgan

Para o banco, a queda de 0,1% do PIB do terceiro trimestre e o avanço da PEC dos precatórios no Congresso fizeram com que as estimativas convergissem para a manutenção do ritmo de alta de 1,5 ponto

Intervenção estatal

Sob risco de novo calote, governo chinês envia ‘socorro administrativo’ para Evergrande

O movimento ocorre após a gigante imobiliária alertar que corria o risco de não cumprir mais uma grande obrigação financeira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies