Menu
Vinícius Pinheiro
O melhor do Seu Dinheiro
Vinícius Pinheiro
2019-07-24T19:57:55-03:00
O melhor do Seu Dinheiro na sua noite

A parte que lhe cabe nesses 30 bilhões

24 de julho de 2019
19:55 - atualizado às 19:57
Selo O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Hoje a newsletter saiu um pouco mais tarde, mas por uma razão nobre: enfim saíram as regras para a liberação dos recursos do FGTS e do PIS/Pasep . Se você é um dos 96 milhões de trabalhadores com conta ativa ou inativa terá direito a uma parcela dos R$ 30 bilhões que o governo espera injetar na economia.

Para ser mais preciso, a parte que lhe cabe nesse latifúndio de dinheiro é de R$ 500. Esse é o valor máximo que o governo decidiu liberar para cada conta do FGTS. Se você tiver mais de uma, pode resgatar até R$ 1 mil.

Pode parecer pouco, mas foi a forma que o governo encontrou de atender o maior número número possível de pessoas sem afetar o patrimônio do fundo de garantia, cujos recursos são usados para financiar áreas como construção, infraestrutura e saneamento.

A liberação começa em setembro, mas o cronograma ainda vai ser definido pela Caixa. O Eduardo Campos esteve presente à cerimônia que marcou o lançamento lá em Brasília e trouxe nesta matéria os principais impactos da medida.

Para quem ficou frustrado porque vai sacar menos dinheiro do que esperava, o governo deu um paliativo: os recursos que hoje ficam retidos no FGTS vão render mais. Isso porque 100% dos resultados do fundo serão incorporados ao rendimento, além dos 3% ao ano mais a variação da TR.

Mas as novidades não param por aí. O governo anunciou ainda uma nova forma de sacar os recursos do fundo. É o chamado saque-aniversário, que como diz o nome permitirá ao trabalhador sacar todos os anos, no mês de nascimento, uma parcela do dinheiro da conta.

O problema é que quem optar pelo saque-aniversário não terá mais direito a sacar todo o dinheiro do fundo caso seja demitido do emprego, como acontece hoje. Ficou confuso? Então eu recomendo a leitura desta matéria que nós preparamos com mais detalhes sobre a nova forma de resgate.

Para fazer o bolo crescer

Se 500 reais não são suficientes para mudar a vida de ninguém, também está longe de ser um dinheiro a se desprezar. Como eu contei para você acima, o dinheiro que hoje está no FGTS rende míseros 3% ao ano mais a variação da TR. Apesar da promessa do aumento da rentabilidade, vale a pena perder um tempo nas agências da Caixa e sacar essa grana. A Julia Wiltgen conversou com alguns especialistas e traz três destinos possíveis para os recursos que você resgatar do fundo.

De volta aos 104 mil

O roteiro foi parecido com o dos pregões passados, mas desta vez o Ibovespa conseguiu romper a barreira e terminar o pregão acima dos 104 mil pontos. O anúncio da liberação dos recursos do FGTS ajudou a dar o tom otimista para a bolsa. A divulgação dos balanços trimestrais de várias empresas que compõem o Ibovespa também ajudou a movimentar o pregão. Saiba com o Victor Aguiar o que mexeu com o mercado nesta quarta-feira.

O lucro é um detalhe

O ex-técnico da seleção brasileira Carlos Alberto Parreira ficou conhecido por cunhar a expressão “o gol é um detalhe”. Pois na bolsa muitas vezes o lucro pode ser um mero detalhe. Vejamos o caso da Cielo: a empresa de maquininhas de cartão disparou quase 13% hoje na bolsa mesmo depois de anunciar uma redução de 33% no lucro no segundo trimestre. Apesar da queda no resultado, a estratégia da companhia de brigar por participação de mercado, e não por rentabilidade, começa a dar resultados. Declarações do presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, também animaram os investidores, como eu conto nesta matéria.

Caça ao tesouro

Tesouro Direto, programa que permite a compra e venda de títulos do governo pela internet, continua atraindo investidores. Foram 286.672 pessoas que fizeram alguma operação com títulos públicos no primeiro semestre deste ano, contra 53,6 mil em igual período do ano passado. Esse número também já supera o de todo o ano passado. Em junho, o papel mais demandado foi o Tesouro Selic (indexado à Selic), com participação de 49% nas vendas. Confira todos os detalhes do balanço do Tesouro.

Pouso forçado

Diz o clichê que a vida é cheia de altos e baixos. Entre as empresas não é diferente. Há um ano, a Boeing anunciou um lucro líquido de US$ 2,2 bilhões no trimestre. Hoje, a americana divulgou que, nos últimos três meses, sofreu um prejuízo de US$ 2,9 bilhões - o maior de sua história para o período. O que aconteceu? Dois acidentes envolvendo o modelo 737 Max. Desde os desastres, as companhias que possuíam encomendas de aviões do tipo suspenderam suas compras - o que tem mantido os hangares da Boeing lotados. Saiba mais sobre a crise da fabricante de aviões.

Uma ótima noite pra você!

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Perspectiva de crescimento

Pandemia reaquece setor de terrenos e total de lotes disponíveis despenca

No ano passado, o recuo nas vendas foi de 4% -, que fez o setor colocar o pé no freio dos lançamentos

segredos da bolsa

Semana deve ser marcada por fim do prazo da MP da Eletrobas e briga entre BCs e inflação

A semana deve ser marcada por cautela, envolvendo temores em relação à inflação e as movimentações dos BCs pelo mundo. No Brasil, ata do Copom e RTI ficam no radar

mercado de ações

A B3 vai ter concorrência, mas não hoje: os riscos e oportunidades dos desafiantes ao monopólio da bolsa brasileira

Autorização para a empresa Mark2Market operar como central depositária de títulos volta a esquentar debate sobre atuação da B3, mas mercado vê quebra de monopólio improvável no curto prazo

Triste marca

Brasil registra mais de 500 mil mortos por covid-19

Em 24 horas foram 2.301 óbitos e 82.288 novos casos. Em nota, Conass ressalta que o Brasil tem 2,7% da população mundial, e é responsável por 12,8% das mortes

Here comes the sun

Energia solar ruma para liderança no País até 2050

O sol será responsável por 32% da geração, ao mesmo tempo em que a participação das hidrelétricas deve cair para cerca de 30%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies