Menu
2019-12-15T10:56:36-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
NOVIDADES À VISTA

A estratégia do novo CEO da Ambev para inovar e fazer a empresa decolar

Após reunião com novo CEO, analistas do Goldman Sachs disseram que a empresa vai estar mais “aberta” a ouvir os consumidores e que pretende impulsionar um salto tecnológico significativo nos próximos anos

15 de dezembro de 2019
10:56
jean jereissati
Imagem: YouTube

Depois de anunciar a saída de Bernardo Pinto Paiva da presidência da Ambev e a entrada do atual diretor de vendas e de marketing, Jean Jereissati Neto, a empresa deve passar por transformações.

Em reunião com o novo nome que vai comandar a companhia a partir de 1º de janeiro de 2020, os analistas Luca Cipiccia, Galdino Falcão e Rupanshi Bajaj do Goldman Sachs disseram que a empresa vai estar mais "aberta" a ouvir os consumidores e que pretende impulsionar um salto tecnológico significativo nos próximos anos.

Entre as prioridades do novo CEO estão fazer com que ela vire a melhor fornecedora para os seus clientes, melhorando os níveis de serviço e ferramenta digitais com foco em otimizar os estoques e a conversão.

Um dos exemplos de sucesso nesse caso é o do programa Venda Certa, que usa inteligência para sugerir o portfólio para cada cliente aumentando a eficiência da relação.

Outro ponto de destaque para os analistas foi a ideia de trazer novas competências para a companhia por meio de fusões e aquisições. Segundo os especialistas, o foco central da empresa estaria em e-commerces e fintechs.

Entre os cases de sucesso estão o do Zé Delivery, um aplicativo lançado em 2016 e que é um serviço de entrega de bebidas geladas e petiscos em até 35 minutos. De acordo com eles, a Ambev poderia adicionar mais produtos além de seu portfólio tradicional, como alimentos.

No bate-papo, o novo CEO também mostrou que a nova gestão vai priorizar a exploração de novas categorias para além de cervejas. Para exemplificar, ele trouxe o caso de sucesso que envolve o lançamento da bebida alcoólica 150 BPM em parceria com a cantoria Anitta, que foge do tradicional ramo da companhia.

Além disso, a marca deve investir mais ainda na produção de bebidas não alcoólicas, que é um nicho de grande potencial e pouco explorado pela companhia hoje em dia.

Segundo Jereissati, a Ambev também deve continuar a ouvir mais os clientes na tentativa de diversificar o portfólio por meio de cervejas com menos glúten, ou de novas propostas, como o recente lançamento da Brahma Duplo Malte.

Por conta das boas perspectivas com a empresa, os analistas pontuaram ainda que permanecem com a recomendação de compra para os papéis.

Eles também estabeleceram o preço-alvo em 12 meses de R$ 23, o que representaria uma alta de 21% em relação ao fechamento da última sexta-feira (13). No ano, os papéis ordinários da Ambev apresentam valorização de 23,60%.

Apesar do otimismo com a empresa, eles alertaram que os maiores riscos de queda da ação estão relacionados à contração do volume de cervejas e à recuperação macroeconômica mais lenta no Brasil, além de um ambiente mais competitivo de mercado.

Números da companhia

Ambev apresentou um lucro líquido de R$ 2,498 bilhões no terceiro trimestre deste ano, 11,6% a menos que a cifra do terceiro trimestre do ano passado e um pouco abaixo dos R$ 2,561 previsto por analistas ouvidos pela Bloomberg.

A companhia disse que a piora do desempenho reflete a maior despesa de imposto de renda. O Ebitda (lucro antes de impostos, depreciação, amortização e juros) ajustado atingiu R$ 4,410 bilhões no terceiro trimestre, 4,0% abaixo do registrado em igual período do ano passado.

Já a receita líquida consolidada teve alta de 8,1% no terceiro trimestre, chegando a R$ 11,958 bilhões.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

hora da moderação?

As chances não estão do lado do investidor, diz guru de Warren Buffett

Fundador da empresa gerenciamento de ativos Oaktree, Howard Marks falou ao Valor Econômico que parte das altas do ano passado foi mero ajuste de perdas de 2018

Prévia da inflação

IPCA-15 tem alta de 0,71% em janeiro, segundo IBGE

Maior impacto no índice ficou na conta do grupo Alimentação e Bebidas, que desacelerou, mas ainda subiu 1,83%. Logo em seguida ficou o grupo de Transportes, com alta de 0,92%

parceria que não deu certo

Em meio a crise e brigas internas, Grow retira patinetes de 14 cidades do País

Empresa de aluguel de bicicletas e patinetes sofreu nos últimos meses com falta de capital, disputas de poder, questões regulatórias e o alto custo das viagens em patinetes

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

As ações dos bancos estão apanhando em 2020. Fica uma pergunta no ar: é o início de um ciclo de baixa ou elas estão baratas e vale a pena comprar?  Lá fora o coronavírus assusta e a elite mundial trava uma discussão sobre a Amazônia sem uma participação relevante do Brasil.  O que você precisa saber hoje: […]

Aumentando a frota

Brasileira Drop inicia produção de patinetes elétricos em Manaus

Inicialmente a empresa apenas vai montar os patinetes com kits (CKDs) importados da China. Cerca de 20% dos itens são locais, como guidão, manopla e retrovisor, conforme prevê as regras da Superintendência da Zona Franca de Manaus

em davos

Guedes diz que vê acordo entre Brasil e Reino Unido após Brexit

Perspectiva do ministro leva em conta que, na Europa, o país é um dos que têm menos resistência e barreiras a produtos e serviços

no fórum econômico mundial

Amazônia é tema de painel de Davos

Evento realiza uma sessão especial sobre como garantir um futuro sustentável à Amazônia, com falas de especialistas

caixa

Custo para abrir ‘caixa-preta’ deixa ex-BNDES surpreso

Economista Paulo Rabello de Castro contou que enviou uma carta ao atual presidente do banco, Gustavo Montezano, pedindo a divulgação e o esclarecimento de informações sobre o contrato

Esquenta dos mercados

Prévia da inflação calibra expectativas por novo corte na Selic

Antes da pausa para o feriado, as bolsas chinesas fecharam em baixa acentuada, refletindo o temor com o surto do novo vírus no país

fim de semana fora

Bolsonaro vai à Índia, em viagem que inclui ao menos 10 acordos bilaterais

Na sexta, presidente cumpre agenda com protocolo de visita de Estado, que inclui reuniões com autoridades locais para assinatura de acordos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements