Menu
2019-06-17T12:33:06-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Renda fixa

Sabesp quer captar com debêntures isentas de imposto pagando menos que Tesouro Direto

Estatal de saneamento controlada pelo governo de São Paulo pretende captar até R$ 400 milhões em debêntures de infraestrutura. Confira as condições

17 de junho de 2019
12:33
Sabesp
Sabesp - Imagem: Eduardo Saraiva/Fotos Públicas

A Sabesp, estatal de saneamento controlada pelo governo de São Paulo, pretende captar até R$ 400 milhões de investidores com uma emissão de debêntures de infraestrutura. Os títulos de dívida possuem isenção de renda para pessoas físicas e estrangeiros.

Só que uma parcela do ganho fiscal que você teria ao investir nas debêntures será dividido com a empresa, que pretende captar os recursos a uma taxa menor do que a oferecida nos títulos do governo no Tesouro Direto.

A emissão da Sabesp será realizada em duas séries: na primeira, com vencimento em sete anos, a estatal propõe pagar uma taxa de juros ao investidor 0,05% abaixo do título público corrigido pela inflação (Tesouro IPCA+) com vencimento em 2026. Na manhã de hoje, o rendimento dos títulos estava em IPCA + 3,41% ao ano.

A segunda série tem prazo de vencimento de dez anos e deverá pagar juros equivalentes aos do Tesouro IPCA+ com vencimento em 2028. Esse papel não é negociado no Tesouro Direto, mas a taxa estava em IPCA + 3,6373% na sexta-feira, de acordo com dados da Anbima.

Lembrando que ambas as taxas podem cair ainda mais, dependendo da demanda dos investidores e das taxas dos títulos no dia do fechamento da operação. Ainda assim, o ganho final para o investidor deve ser maior do que o dos títulos do Tesouro em razão do benefício fiscal das debêntures de infraestrutura.

De todo modo, a empresa já estabeleceu um teto para os papéis e não pretende pagar mais que IPCA + 3,95% ao ano na primeira série e IPCA + 4,07% ao ano na segunda.

O período de reserva das debêntures vai de 25 de junho a 11 de julho e a definição das condições da oferta acontece no dia seguinte.

Para onde vai o dinheiro?

A Sabesp pretende usar os recursos captados no projeto de adequação e modernização de sistemas de abastecimento de água em 71 municípios do Estado de São Paulo. O objetivo é controlar e reduzir as perdas nesses sistemas.

Ao investir em uma debênture, é como se você estivesse fazendo o papel de um banco, ou seja, emprestando dinheiro para uma empresa. O principal risco, portanto, é o de calote da empresa emissora. Mas a emissão da Sabesp é considerada de baixo risco. A Standard & Poor’s atribuiu classificação de risco “brAAA”, a melhor na escala nacional da agência.

A oferta acontece no meio das discussões no Congresso do projeto de lei que atualiza o marco legal do saneamento básico no País. Se aprovada, a lei pode abrir caminho para a privatização da Sabesp.

A emissão é coordenada pelos bancos BTG Pactual e Safra. As instituições ofereceram garantia firme de adquirir até R$ 250 milhões em debêntures, caso não haja demanda dos investidores.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies