Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-30T19:09:21-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
em busca de recursos

Energisa (ENGI11) quer levantar R$ 1,3 bilhão em debêntures; veja condições

Recursos captados na emissão da primeira e segunda séries serão destinados ao financiamento futuro dos projetos de investimento em infraestrutura de distribuição e transmissão de energia elétrica

30 de setembro de 2021
15:32 - atualizado às 19:09
Imagem de conta de luz da Energisa
Imagem: Divulgação

A Energisa (ENGI11) aprovou em conselho a 15ª emissão de debêntures, em até quatro séries, no valor de até R$ 1,330 bilhão. Os títulos serão objeto de distribuição pública, com esforços restritos de colocação e prazos de vencimento de 10, 15, 5 e 7 anos, respectivamente da primeira, segunda, terceira e quarta séries.

Serão 1,330 milhões de debêntures, com valor de R$ 1 mil cada, sendo que necessariamente 330.000 deverão ser alocadas na primeira série e/ou na segunda série e necessariamente 1 milhão deverão ser alocadas na terceira série e/ou na quarta série.

A Energisa destaca que as debêntures da primeira e segunda séries poderão não ser emitidas, caso a demanda seja inferior a R$ 50 milhões.

Os papéis terão atualização monetária pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e remuneração pelo maior valor entre Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2030 mais 0,65% ao ano ou 5,13% no caso da primeira série.

Para a segunda série, será usado o maior valor entre o Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 mais 0,70% ao ano ou 5,20% ao ano.

A terceira série terá remuneração de 100% da taxa DI mais 1,64% ao ano e, por fim, a remuneração da quarta série será de 100% da taxa DI mais 1,80% ao ano. Os pagamentos de todas as séries serão semestrais, segundo a Energisa.

Os recursos captados na emissão da primeira e segunda séries serão destinados ao financiamento futuro dos projetos de investimento em infraestrutura de distribuição e transmissão de energia elétrica e serão transferidos para as geradoras controladas da Energisa na Paraíba, em Sergipe, em Rondônia e no Tocantins e na transmissora do Amazonas.

Já a totalidade dos recursos da terceira e quarta séries serão destinados à gestão ordinária dos negócios da companhia. A emissão se enquadra nas regras de projetos de infraestrutura considerados prioritários.

Leia também:

Energisa (ENGI11): lucro em alta

No balanço mais recente, do segundo trimestre, a Energisa (ENGI11) a reportou lucro líquido consolidado de R$ 749 milhões, revertendo prejuízo de R$ 88 milhões no mesmo período do ano passado.

Além do efeito de forte recuperação nas vendas, a empresa foi beneficiada por R$ 142 milhões referentes à Marcação a Mercado de Derivativos, sem efeito caixa, sendo R$ 72,8 milhões de impacto negativo referente ao bônus de subscrição atrelado à 7ª emissão.

Também se deve considerar o impacto positivo de R$ 214,8 milhões referente à opção de compra pela companhia da participação de minoritários da Energisa Participações Minoritárias.

Segundo a Energisa (ENGI11), no acumulado do semestre foi apurado salto de 228,6% no lucro, para R$ 1,622 bilhão. No período, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) subiu 90,5% na base anual, para R$ 1,385 bilhão.

O Ebtida ajustado atingiu R$ 1,497 bilhão, valor 86,8% maior na mesma base de comparação. No acumulado do semestre, o Ebitda atingiu R$ 2,922 bilhões, aumento de 68,8%.

A receita líquida da Energisa (ENGI11) totalizou R$ 8,622 bilhões no trimestre, alta de 31,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior. A receita líquida, sem recebimento de construção, teve alta de 36,7% no período na mesma base de comparação, para R$ 5,294 bilhões.

No segundo trimestre, os investimentos da empresa subiram 35,4% ante o mesmo intervalo de 2020, para R$ 909,2 milhões. Em junho, a dívida líquida consolidada da Energisa era de R$ 13,906 bilhões, contra R$ 14,220 bilhões em março.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Efeito dominó

Mais uma incorporadora chinesa deixa de pagar seus credores; China rompe o silêncio sobre a crise no setor imobiliário

A China Properties Group informou que não fez o pagamento de US$ 226 milhões referentes a uma emissão de notas seniores que vencia hoje

Exile on Wall Street

Dia do professor: cinco lições sobre fundos de investimento para o primeiro dia de aula

Dos brinquedos à maçã (virtual), comemora-se nesta semana as datas dos dois agentes de mudanças mais importantes de uma sociedade. Crianças têm, claro, suas aptidões naturais por exatas, humanas, ciências biológicas e artes em todas as suas formas de expressão. Mas são os professores que catalisam e alavancam esse interesse pelo conhecimento, ensinam a pensar […]

ESQUENTA DOS BALANÇOS

Prévias operacionais embalam as ações de Direcional (DIRR3) e Tenda (TEND3) hoje; veja qual construtora é a favorita dos analistas

Enquanto a Direcional entregou um trimestre de recordes, o foco exclusivo da Tenda no programa Casa Verde e Amarela pode tornar-se um problema

Câmbio em foco

Após novo leilão de swap para conter o dólar, diretor reforça capacidade robusta de intervenção do Banco Central

Bruno Serra lembrou que a instituição segue intervindo no mercado e destacou que já foram vendidos R$ 3,5 bilhões desde o fim de setembro

BREAKING NEWS

SEC autoriza Nasdaq a negociar primeiro ETF em bitcoin (BTC) dos EUA e anima mercado de criptomoedas hoje

O primeiro ETF em criptomoeda dos Estados Unidos não é uma réplica exata do preço do bitcoin, mas sim o preço de contratos futuros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies