Menu
2019-07-11T18:28:00-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Na contramão do Ibovespa

Ações da Sabesp sobem forte após Doria defender a privatização da empresa

O governador de São Paulo, João Doria, disse que a privatização da Sabesp é a “melhor opção”, com potencial para render bilhões aos cofres do Estado

11 de julho de 2019
11:42 - atualizado às 18:28
O governador de São Paulo, João Doria, conversa com a imprensa
Ações da Sabesp têm o melhor desempenho do Ibovespa nesta quinta-feira (11) após declarações do governador de São Paulo, João DoriaImagem: José Cruz/Agência Brasil

Um certo clima de ressaca tomou conta do Ibovespa nesta quinta-feira (11), com a maior parte das ações cedendo a um movimento de realização de lucros. A aprovação da reforma da Previdência no plenário da Câmara confirmou as expectativas do mercado e, agora, os agentes financeiros mostram-se tranquilos para promover correções após o recente rali da bolsa.

No entanto, os papéis ON da Sabesp (SBSP3) não seguiram o comportamento do índice e operaram em alta firme desde o início do dia. Tudo isso por causa de declarações do governador de São Paulo, João Doria, a respeito do futuro da empresa.

Em entrevista à Bloomberg, Doria disse que a privatização da Sabesp é a "melhor opção" para a companhia caso o Congresso aprove o Projeto de Lei (PL) que cria as bases para um novo marco regulatório do setor de saneamento básico — entre outros pontos, o texto facilita os investimentos privados no segmento.

Segundo o governador, a venda do controle da Sabesp poderá render cerca de R$ 20 bilhões ao Estado. Caso a privatização não seja possível, a capitalização da companhia seria o caminho a ser perseguido.

Em resposta às declarações, as ações ON da Sabesp fecharam em alta de 4,67%, a R$ 51,81 — na máxima do dia, os papéis da companhia chegaram a tocar os R$ 52,70 (+6,46%). O Ibovespa, por outro lado, terminou em queda de 0,63%, aos 105.146,44 pontos.

Com o desempenho de hoje, os papéis da Sabesp acumulam ganhos de mais de 67% desde o início do ano. É a quinta ação de melhor performance do Ibovespa em 2019: apenas JBS ON (JBSS3), CSN ON (CSNA3), Qualicorp ON (QUAL3) e Gol PN (GOLL4) têm altas superiores.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies