Menu
2019-04-05T10:40:53-03:00
BRUMADINHO

“Muito provavelmente iremos resgatar somente corpos”, diz Zema

Segundo governador de MG, a probabilidade de encontrar sobreviventes do rompimento da barragem na Mina do Córrego do Feijão é muito baixa

26 de janeiro de 2019
6:46 - atualizado às 10:40
Governador de MG, Romeu Zema
Imagem: Raul Junior/BTG

Para o Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), a probabilidade de encontrar sobreviventes do rompimento da barragem na Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho, é muito baixa.

"Sabemos que a partir de agora as chances são mínimas. Muito provavelmente iremos resgatar somente corpos", lamentou o governador mineiro.

Até o momento, já foram encontrados sete mortos, mas aproximadamente 150 pessoas estão desaparecidas. Nove foram resgatados com vida e estão sendo atendidos.

A prioridade das forças de resgate agora é acompanhar o estado de uma outra barragem na mesma mina, que não se rompeu. "Vamos ver se ela continua segura e tomar todas as medidas necessárias", pontuou Zema.

Apesar do cenário desolador, Zema acredita que a situação está sob controle e não é necessário reforço do governo federal ou de outros estados. "Temos recebido várias propostas de ajuda de outros estados e do governo federal, o que agradecemos muito, mas no momento nossa força-tarefa tem sido o suficiente. Vamos sim, precisar de ajuda, muito provavelmente, a partir de segunda-feira, com cães farejadores para resgatar os corpos", afirmou.

O governador de Minas também disse que, apesar de guardar semelhanças claras com a tragédia em Mariana de 2015, o novo acidente na mina da Vale tem características diferentes. "É um vazamento com um número maior de vítimas, mas um alcance territorial menor", explicou ele.

Sem responder às perguntas dos repórteres presentes, Zema encerrou seu pronunciamento dizendo que não é a hora de apontar culpados "Neste momento não estamos apurando causas. Este não é o foco. Estamos fazendo o atendimento aos afetados", completou.

As buscas ainda continuam. 200 agentes do Corpo de Bombeiros são esperados nesta madrugada de sábado (26) para auxiliar nas buscas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Gestão na crise

Legacy vê “repressão financeira” com juro baixo e aposta em carteira global de ações

Felipe Guerra, sócio da gestora que possui R$ 14,5 bilhões em patrimônio, acredita em recuperação em “V” da crise e aponta o teto de gastos como “pau de circo” para sustentar juro baixo no país

SD Premium

Os segredos da bolsa: Brasília volta a mexer com o mercado de ações

Declarações recentes do ministro da Economia, Paulo Guedes, podem inspirar cautela entre os investidores e afetar uma categoria específica de ações na bolsa. O noticiário corporativo intenso também tende a fazer preço por aqui

Enfim uma oportunidade

Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, faz primeira aquisição desde a explosão do coronavírus

Empresa adquire ativos de gás de companhia de energia americana por US$ 4 bilhões, além de assumir parte da sua dívida; desde o colapso dos mercados em março, a Berkshire apenas vendeu ativos, e vinha montada em caixa, no aguardo de boas oportunidades de compra

Um dos bilionários mais velhos

Aos 99 anos, Aloysio de Andrade Faria, o ‘banqueiro invisível’ ainda dá as cartas

Criador do Banco Real, Aloysio de Andrade Faria continua à frente de um império que inclui o banco Alfa e mais uma dezena de empresas.

Entrevista

O agronegócio não precisa das terras da Amazônia para se expandir, diz ministra da Agricultura

Em entrevista ao Estadão, Tereza Cristina diz ser “defensora intransigente de zerar o desmatamento ilegal”; sob escrutínio internacional, agronegócio corre risco de perder investimentos por questões ambientais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements