🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2019-05-27T08:41:20-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mais uma fusão?

Dona da Fiat propõe fusão com Renault

Fusão criaria a terceira maior montadora do mundo em produção, atrás da alemã Volkswagen e da japonesa Toyota, mas à frente da americana General Motors (GM)

27 de maio de 2019
7:14 - atualizado às 8:41
Logo da Fiat em automóvel
Imagem: Shutterstock

A Fiat Chrysler (FCA) anunciou nesta segunda feira, 27, uma proposta de fusão com a Renault. Em comunicado, a montadora ítalo-americana propõe que acionistas da FCA controlem 50% da empresa resultante e que acionistas da Renault fiquem com os demais 50%.

A fusão criaria a terceira maior montadora do mundo em produção, atrás da alemã Volkswagen e da japonesa Toyota, mas à frente da americana General Motors (GM). A nova empresa teria valor de mercado de cerca de US$ 37 bilhões e produção anual de quase nove milhões de automóveis e caminhões leves.

A francesa Renault já possui uma aliança com a japonesa Nissan, pela qual as companhias compartilham tecnologia e autopeças. A Renault detém 43,4% da Nissan, enquanto a Nissan possui fatia de 15% da Renault.

Governo se diz favorável a fusão

Principal acionista da Renault (com uma fatia de 15%), o governo da França é favorável à proposta de fusão entre as empresas, mas tem de "olhar as condições nas quais o acordo será feito", segundo a porta-voz Sibeth Ndiaye, em entrevista ao canal de negócios da TV francesa BFMTV e à rádio RMC.

Segundo Ndiaye, o ministro das Finanças do país, Bruno Le Maire, se reuniu com o executivo-chefe da Renault, Jean-Dominique Senard, no fim de semana para falar sobre a proposta de fusão.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

ROTA DO BILHÃO

Warren Buffett: Como o megainvestidor acumulou uma fortuna de US$ 95 bilhões e se tornou o sexto homem mais rico do mundo

Aos 11 anos, Buffett fez seu primeiro investimento na bolsa de valores; CEO da Berkshire Hathaway, construiu riqueza com alocações a longo prazo e baixo risco

TRILHAS DE CARREIRA

Orgulho LGBTQIAP+ e carreira: três passos para a sua afirmação profissional

Sendo parte da comunidade LGBTQIAP+, sinto o dever de falar sobre carreira para todos os que, de alguma forma, não conseguem se ver representados no ambiente de trabalho

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies