Menu
2020-08-11T10:56:19-03:00
Estadão Conteúdo
alta nas vendas

Venda de veículos na China saltam 16,4% em julho e marcam 4º mês de crescimento

Apenas as vendas de automóveis subiram 7,7% na mesma comparação, a 1,6 milhão de unidades, registrando o melhor resultado em mais de dois anos.

11 de agosto de 2020
10:55 - atualizado às 10:56
Automóveis
Imagem: Shutterstock

As vendas de carros e veículos comerciais na China saltaram 16,4% em julho ante igual mês do ano passado, a 2,11 milhões de unidades, marcando o quarto mês consecutivo de alta nas vendas, segundo dados da Associação Chinesa de Montadoras.

Apenas as vendas de automóveis subiram 7,7% na mesma comparação, a 1,6 milhão de unidades, registrando o melhor resultado em mais de dois anos.

Os números do setor automotivo chinês são mais uma indicação de que a segunda maior economia do mundo continua se recuperando do choque da pandemia de coronavírus.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Combinação promete

Aura Minerals (AURA33): ouro e dividendos no mesmo investimento

Max Bohm, sócio e analista de Empiricus, enxerga um potencial enorme de crescimento na combinação oferecida pela mineradora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies