Menu
2020-03-20T15:56:47-03:00
PARALISAÇÃO

Toyota paralisa fábricas no Brasil até 5 de abril

Volkswagen, Volvo, GM e Mercedes-Benz param dia 30

20 de março de 2020
15:56
Toyota
Imagem: Shutterstock

A Toyota vai parar a produção de suas quatro fábricas no Brasil de 24 de março a 5 de abril, anunciou a montadora japonesa nesta sexta-feira (20), ampliando o grupo de fabricantes de veículos instalados no país que resolveu suspender atividades em meio à epidemia do novo  coronavírus (Covid-19).

"A paralisação se deve no sentido de atenuar os riscos à saúde de seus colaboradores e de seus familiares, evitando ao máximo aglomerações e circulação de pessoas, associada ao quadro de incerteza do mercado brasileiro no curto prazo, além das dificuldades na cadeia logística e de suprimentos, que devem se agravar nas próximas semanas", informou a Toyota em comunicado à imprensa.

As fábricas que serão paralisadas a partir da próxima semana são as de São Bernardo do Campo (SP), que produz peças de reposição e motores; Sorocaba (SP), que monta os modelos Etios e Yaris; Indaiatuba (SP), que fabrica o sedã Corolla; e Porto Feliz (SP), que produz motores.

Ontem (19), o sindicato de metalúrgicos de Curitiba anunciou que Volkswagen e Volvo darão férias coletivas de até 20 dias a partir do final deste mês. Na quarta-feira (18), General Motors e Mercedes-Benz anunciaram medida semelhante para seus funcionários no país a partir de 30 de março.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quinta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Mercados hoje

Ibovespa abre em alta e dólar sobe com corte de juro pelo Copom

Sinalização de manutenção de juros baixos por período prolongado sustenta o ânimo dos investidores, que relegam desemprego a segundo plano

em diário oficial

Bolsonaro veta uso do FGTS para aeronautas em lei de socorro ao setor aéreo

Presidente manteve no texto a previsão de uso do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac) para empréstimos ao setor e o fim do adicional de US$ 18 cobrados na Tarifa de Embarque Internacional a partir do ano que vem

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

10 notícias para começar o dia bem informado

O Banco Central derrubou ontem o juro brasileiro para uma nova mínima histórica, de 2% ao ano. Pelo recado do BC, o corte deve ser o último, mas a taxa deve permanecer baixa por um bom tempo. Não tem mais jeito: para ganhar dinheiro de verdade, o investidor precisará encarar a bolsa ou outros ativos […]

efeito coronavírus

Desemprego sobe para 13,3%, com nova queda recorde de ocupados

Segundo o IBGE, no trimestre encerrado em junho o comércio foi o setor mais afetado, com perda de 2,1 milhões de vagas; o número de desalentados bateu recorde

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements