🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView

Nativos e gringos soltam o verbo e mercados comemoram

Discurso afinado de relator sobre capitalização na Previdência anima; Draghi levanta a bola e Trump corta com categoria – para o Federal Reserve

18 de junho de 2019
14:34
mercadocomemora
mercado -

Declarações de autoridades brasileiras e estrangeiras embalam negócios nesta terça-feira e conspiram a favor de ativos de risco e aprofundam queda de juro. E, mantido o script, a Bolsa tende a consolidar os 99 mil pontos e, o dólar, R$ 3,85. A curva de juro, estendida até 2030 no pregão de depósito interfinanceiro (DI) da BM&F, cai em bloco.

Quem disse o quê?

O deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara disse, em entrevista à rádio Eldorado, ser favorável a contas individuais para os mais jovens para que pensem na aposentadoria. Essa é a exata posição defendida pelo ministro da Economia Paulo Guedes. Ao avaliar a possibilidade de inclusão de um sistema de capitalização no texto, o relator avaliou que o sistema de capitalização “é uma ideia daquelas que ninguém aborda de forma adequada˜.

O presidente Jair Bolsonaro abriu espaço para que o Congresso tome a iniciativa de propor um projeto que viabilize o regime de capitalização para a Previdência, retirado do relatório do deputado Samuel Moreira. O governo gostaria que tudo o que foi proposto pelo governo fosse acolhido, mas reconhece a legitimidade da Câmara para alterar a proposta. “Se não for acolhido, o governo prossegue”, disse a jornalistas antes da reunião do Conselho do governo.

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE) indicou que a instituição poderá adotar mais medidas acomodatícias caso a economia da zona do euro não dê sinais de retomada em breve. Draghi. Na política monetária acomodatícia cabe redução de juro e mais recompra de títulos em mercado – mecanismo que amplia a liquidez dos mercados.

O presidente os EUA, Donald Trump, reagiu às declarações de Mario Draghi lembrando, no Twitter, que possíveis mudanças na condução da política monetária do BCE provocariam competição injusta na Europa contra os EUA. Essa observação dispara como um lembrete ao Federal Reserve (Fed) que, amanhã, anuncia mais uma decisão de política monetária. No mercado futuro de títulos do Tesouro americano, investidores precificam três cortes de juro pelo BC de Powell até o fim do ano.

Trump escreveu também, nesta manhã, que teve uma conversa muito boa por telefone com Xi Jinping, presidente da China, e “teremos uma reunião prolongada na próxima semana no G-20, no Japão”.

A conversa que Trump deve ter com o líder chinês, espera o mercado, deve ao menos desarmar novos gatilhos na guerra comercial que vem sendo travada pelas duas maiores economias do mundo.

A soma da fala de Draghi e Trump e o sinal positivo de Xi Jinping – relatada pelo presidente norte-americano – sanciona forte alta nas Bolsas internacionais. Movimento que arrebanhou as Bolsas europeias mais cedo levou o principal título de dívida da Alemanha a um recorde negativo, - 0,30% ao ano.

Um ranking de yields de dívida soberana de 19 países europeus mais Estados Unidos mostra que 13 operam com juro negativo para prazo de seis meses, 14 para prazo de 1 ano, 14 para 2 anos, 13 para títulos com 3 anos, 11 para 4 anos, 15 para papéis com 5 anos e 8 países para prazo de 10 anos.

Excluindo do ranking os juros pagos por EUA e pela crítica Itália, o retorno médio de papéis de 17 países com prazo de 10 anos é de 0,37%, ante 2,03% garantidos pelos americanos.

Compartilhe

BRIGA PELO TRONO GRELHADO

Acionistas da Zamp (BKBR3) recusam-se a ceder a coroa do Burger King ao Mubadala; veja quem rejeitou a nova oferta

21 de setembro de 2022 - 8:01

Detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) já rechaçaram a nova investida do Mubadala, fundo soberano dos Emirados Árabes Unidos

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana segue sendo o elefante na sala e Ibovespa cai abaixo dos 110 mil pontos; dólar vai a R$ 5,23

15 de setembro de 2022 - 19:12

O Ibovespa acompanhou o mau humor das bolsas internacionais e segue no aguardo dos próximos passos do Fed

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Cautela prevalece e bolsas internacionais acompanham bateria de dados dos EUA hoje; Ibovespa aguarda prévia do PIB

15 de setembro de 2022 - 7:42

As bolsas no exterior tentam emplacar alta, mas os ganhos são limitados pela cautela internacional

FECHAMENTO DO DIA

Wall Street se recupera, mas Ibovespa cai com varejo fraco; dólar vai a R$ 5,17

14 de setembro de 2022 - 18:34

O Ibovespa não conseguiu acompanhar a recuperação das bolsas americanas. Isso porque dados do varejo e um desempenho negativo do setor de mineração e siderurgia pesaram sobre o índice.

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Depois de dia ‘sangrento’, bolsas internacionais ampliam quedas e NY busca reverter prejuízo; Ibovespa acompanha dados do varejo

14 de setembro de 2022 - 7:44

Os futuros de Nova York são os únicos que tentam emplacar o tom positivo após registrarem quedas de até 5% no pregão de ontem

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana derruba Wall Street e Ibovespa cai mais de 2%; dólar vai a R$ 5,18 com pressão sobre o Fed

13 de setembro de 2022 - 19:01

Com o Nasdaq em queda de 5% e demais índices em Wall Street repercutindo negativamente dados de inflação, o Ibovespa não conseguiu sustentar o apetite por risco

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas internacionais sobem em dia de inflação dos EUA; Ibovespa deve acompanhar cenário internacional e eleições

13 de setembro de 2022 - 7:37

Com o CPI dos EUA como o grande driver do dia, a direção das bolsas após a divulgação dos dados deve se manter até o encerramento do pregão

DANÇA DAS CADEIRAS

CCR (CCRO3) já tem novos conselheiros e Roberto Setubal está entre eles — conheça a nova configuração da empresa

12 de setembro de 2022 - 19:45

Além do novo conselho de administração, a Andrade Gutierrez informou a conclusão da venda da fatia de 14,86% do capital da CCR para a Itaúsa e a Votorantim

FECHAMENTO DO DIA

Expectativa por inflação mais branda nos Estados Unidos leva Ibovespa aos 113.406 pontos; dólar cai a R$ 5,09

12 de setembro de 2022 - 18:04

O Ibovespa acompanhou a tendência internacional, mas depois de sustentar alta de mais de 1% ao longo de toda a sessão, o índice encerrou a sessão em alta

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies