💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2019-04-05T15:54:48-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Ficou no zero a zero

Deputados do Centrão dizem que desarticulação do governo na CCJ fez com que Guedes não ganhasse votos para a reforma

Avaliação é de que o ministro não conseguiu surpreender a ponto de angariar votos para a reforma da Previdência

4 de abril de 2019
16:49 - atualizado às 15:54
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Jefferson Rudy/Agência Senado

Parlamentares do chamado Centrão avaliaram que a atuação do ministro da Economia, Paulo Guedes, na sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, nesta quarta-feira, 3, se deu dentro do que era previamente esperado. A avaliação é de que o ministro não conseguiu surpreender a ponto de angariar votos para a reforma da Previdência, em grande parte pela desarticulação do governo.

"O governo não tinha base para blindar o ministro, que ficou sendo massacrado pela oposição. A gente já esperava que isso iria acontecer. Faltou articulação", afirmou o líder do DEM, Elmar Nascimento (BA), ao Broadcast/Estadão.

No mesmo sentido, o líder do PRB, Jhonatan de Jesus (RR), afirmou que a atuação do ministro não foi suficiente para convencer nem mesmo parlamentares da possível base aliada. "Nem ajudou a convencer e nem definiu voto, porque o que define voto é a negociação de uma proposta com o Congresso e não a imposição de um texto já pronto", disse.

Para o deputado, a ida de Guedes à comissão não demonstrou necessariamente uma disposição de diálogo com o Congresso. "Ele só veio porque, se não, teria sido convocado e seria pior para ele", disse.

Guedes ficou por mais de seis horas respondendo perguntas dos deputados na tarde de quarta. O ministro, porém, acabou participando de vários bate-bocas com a tropa de choque da oposição e não viu uma base aliada capaz de defendê-lo.

Com isso, o primeiro teste político do ministro acabou em briga e troca de palavrões, após provocações do deputado Zeca Dirceu (PT-PR), que acusou Guedes de ser "tigrão" com os aposentados, idosos de baixa renda e agricultores, mas de ser "tchutchuca" com os privilegiados do Brasil.

Durante a sessão, Guedes defendeu o modelo de capitalização para as aposentadorias. No caso do BPC e da aposentadoria rural, os pontos mais polêmicos da proposta, Guedes admitiu a retirada deles do texto.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

MARKET MAKERS

O preço importa: em momentos de incerteza, como saber se o pessimismo já está precificado — e um exemplo prático disso

6 de dezembro de 2022 - 10:05

Meu trabalho como analista de ações é entender o quanto desse cenário pessimista já está incorporado no preço das ações

REESTRUTURAÇÃO

Eletrobras (ELET3) define condições para incorporar ações PNA e subsidiárias

6 de dezembro de 2022 - 9:44

A ex-estatal convocou uma assembleia de acionistas para o dia 5 de janeiro para discutir as operações; veja os detalhes das operações

DE OLHO NAS REDES

Lula pode até tentar, mas não deve conseguir “enquadrar” o Banco do Brasil — para o Goldman Sachs, ele está blindado e ações podem subir 40%

6 de dezembro de 2022 - 8:28

O presidente eleito já deixou claro que não está feliz com o lucro do Banco do Brasil, mas é improvável que ele consiga mudara estrutura; entenda

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 5% com ações da Metalúrgica Gerdau (GOAU4); veja a recomendação

6 de dezembro de 2022 - 8:14

Após o fechamento do último pregão, identifiquei uma oportunidade de compra dos papéis da Metalúrgica Gerdau (GOAU4)

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Alerta de zebra na Copa: Espanha e Portugal em perigo, PEC, Copom e entrevista exclusiva

6 de dezembro de 2022 - 8:07

Possível zebra à parte, investidores estão de olho nas alterações que a PEC da Transição deve sofrer durante seu trâmite-relâmpago pelo Congresso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies