Menu
2019-08-14T13:58:04-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
espaço pra otimismo?

Monitor do PIB aponta alta de 0,7% em junho

Em relação ao segundo trimestre de 2018, a atividade econômica cresceu 0,7% no segundo trimestre deste ano

14 de agosto de 2019
13:48 - atualizado às 13:58
PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro avançou 0,7% na passagem de maio para junho, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

No segundo trimestre, o PIB cresceu 0,2% em comparação ao primeiro trimestre do ano, após um ligeiro recuo de 0,1% observada no trimestre anterior.

Em relação ao segundo trimestre de 2018, a atividade econômica cresceu 0,7% no segundo trimestre deste ano. A taxa acumulada em 12 meses manteve a alta de 0,9% no segundo trimestre, mesmo resultado observado no trimestre anterior.

"O crescimento de 0,2% da economia neste segundo trimestre, segundo o Monitor do PIB-FGV, põe a economia de volta à trajetória de crescimento que havia se perdido no primeiro trimestre.

Entre os três grandes setores, a agropecuária e a indústria apresentam taxas negativas, salvando-se os serviços, que já apresenta taxas positivas há dez trimestres", avaliou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial.

O crescimento de observado na passagem do primeiro trimestre para o segundo trimestre do ano foi puxado pelo setor de serviços, único dos três grandes setores de atividade a apresentar crescimento no período (0,3%).

Sob a ótica da demanda, o consumo das famílias avançou 0,7%, enquanto a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF, medida dos investimentos no PIB) teve expansão de 2,3%.

"Os dados mostram que, apesar do crescimento, a economia ainda não consegue se expandir a taxas mais robustas", completou Claudio Considera.

Na comparação do segundo trimestre de 2019 com o segundo trimestre de 2018, o consumo das famílias cresceu 2,1%. A FBCF teve elevação de 4,0%. As exportações avançaram 2,6%, e as importações tiveram alta de 4,5%.

Em termos monetários, o PIB totalizou aproximadamente R$ 3,469 trilhões em valores correntes no primeiro semestre do ano.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Meta ambiental

Vale triplica para até US$ 6 bi previsão de investimentos para reduzir emissões de carbono

O objetivo da empresa é reduzir 33% das emissões diretas e indiretas de carbono até 2030

Conheça a proposta

Biden anuncia acordo com republicanos para investir US$ 1,2 trilhão em infraestrutura

O valor final é menor do que a soma proposta pelo presidente democrata, mas marcará o maior investimento de longo prazo em infraestrutura em quase um século

novo sistema operacional

Microsoft apresenta o Windows 11 — aqui estão 7 novidades que você precisa conhecer

Nova versão do sistema operacional para computadores tem aplicativos de Android, novo design e Microsoft Teams melhorado; confira

Quem não arrisca...

Jive Investments aposta em agentes autônomos e educação para atingir varejo após aporte da XP

Sócio da gestora de investimentos alternativos, Guilherme Ferreira revela os motivos da preferência por operação privada ao invés de abrir capital

Aperto nas contas

Gastos extras vão reduzir ‘folga’ do teto de gastos em 2022, prevê governo

O avanço nas despesas obrigatórias, estimado em R$ 105,2 bilhões, é o que limita o “espaço livre” do governo para novos gastos no próximo ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies