Menu
2019-12-17T18:28:53-03:00
Em alta

Petróleo fecha em alta com otimismo comercial e segue no maior nível em 3 meses

Petróleo WTI para fevereiro avançou 1,21%, a US$ 60,87 o barril. Já o Brent para fevereiro subiu 1,16%, a US$ 66,10 o barril

17 de dezembro de 2019
18:28
Tanques de petróleo
Imagem: Shutterstock

Os contratos futuros do petróleo avançaram nesta terça-feira e se mantêm nos maiores níveis desde setembro, em meio ao otimismo com o acordo comercial preliminar entre Estados Unidos e China, confirmado pelas partes na semana passada.

O petróleo WTI para fevereiro, que agora é o contrato mais líquido, avançou 1,21%, a US$ 60,87 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). Já o Brent para fevereiro subiu 1,16%, a US$ 66,10 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).

Em entrevista à Fox Business, o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, disse que os chineses concordaram em comprar US$ 50 bilhões em produtos agrícolas americanos. Já a Bloomberg informou, com base em fontes, que Pequim vai conceder isenções tarifárias a compradores desses produtos de forma regular, não mais em etapas.

Eugen Weinberg, analista de metais do Commerzbank, acredita que a força do petróleo também está relacionada, ainda, ao acordo alcançado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) neste mês para aprofundar os cortes na produção.

Analistas de commodities do ING, Warren Patterson e Wenyu Yao lembram que, apesar disso, deve haver excesso de oferta da commodity no ano que vem. "Esperamos que a pressão descendente sobre os preços do petróleo seja retomada à medida que avançamos para o primeiro semestre de 2020", afirmam os especialistas, acrescentando que o nível da pressão "dependerá em grande parte dos detalhes em torno da fase 1 do acordo comercial, juntamente com as ações que a Opep+ tomará no segundo trimestre para combater o excedente durante esse período".

Ontem, o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA elevou sua projeção para a produção de petróleo no país em janeiro em 30 mil barris por dia, para 9,135 milhões de barris por dia.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

sinais ambíguos

Bolsonaro cita respeito a teto de gastos, mas acerta R$ 5 bi extras para obras

Uso de créditos extraordinários, sob o argumento de estimular a economia no pós-covid-19, é defendido pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho

gritty investidor

Quatro passos importantes para avaliar se uma empresa é bom negócio

Vou compartilhar com você quatro pontos importantes para ver uma empresa na bolsa

Disputa corporativa

Totvs entra na disputa pela Linx contra a Stone com oferta igual para todos os acionistas

A proposta formalizada hoje pela Totvs avalia a Linx em R$ 6,1 bilhões e não prevê pagamento adicional a conselheiros da empresa como a oferta da Stone

efeitos da pandemia

BNDES registra prejuízo contábil de R$ 582 milhões no 2º trimestre

prejuízo foi motivado por ajustes negativos de equivalência patrimonial em empresas investidas e por provisionamentos para risco de crédito visando a cobertura de eventuais perdas decorrentes do cenário de pandemia da covid-19

em queda

Prévia do PIB cai 6,28% no 1º semestre, diz BC

No Relatório de Mercado Focus divulgado pelo BC na última segunda-feira, a projeção é de queda de 5,62% do PIB em 2020

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements