Menu
2019-06-24T10:49:47-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Atenção, investidor

De olho no preço: reserva de ações em oferta da Petrobras termina hoje

A definição do preço de venda das ações da Petrobras ocorre amanhã. Oferta pode ser uma chance de comprar os papéis da estatal com desconto em relação ao preço na bolsa

24 de junho de 2019
10:49
Petrobras
Petrobras - Imagem: Shutterstock

Não chega a ser uma Black Friday, mas você tem até hoje uma chance de (possivelmente) comprar ações da Petrobras com desconto. A estatal está na rua com uma oferta de ações que pode chegar a R$ 7,672 bilhões, com base nas cotações dos papéis na sexta-feira.

Quem vai vender os seus papéis é a Caixa Econômica Federal em um processo conhecido como oferta subsequente ou follow on. Na prática, esse processo ocorre quando uma companhia que já possui ações listadas na bolsa faz uma nova oferta.

O prazo de reserva para a compra de ações da Petrobras termina nesta segunda-feira (24). A petroleira anunciou que até 24% da oferta será destinada a investidores pessoas físicas.

Com a operação, a Caixa pretende se desfazer de toda a participação que possui na Petrobras. O banco público venderá 241.340.371 ações ordinárias (PETR3), ou seja, papéis que garantem o direito a voto nas assembleias gerais.

O preço por ação na oferta será definido amanhã (25). Já a negociação na bolsa com os papéis começa em 27 de junho.

Em busca do desconto!

Como as ações da Petrobras já são negociadas na bolsa sob a forma de papéis ordinários (PETR3) e preferenciais (PETR4), o foco do investidor ao fazer a reserva dos papéis deve ser o possível desconto que eles possam ter assim que for definido o preço.

Mas há sempre um risco. Da mesma forma que ocorre com os grandes períodos de promoção aqui no Brasil, ele pode se frustar. Isso porque é possível que o investidor não ache o desconto tão interessante ou que nem haja desconto. Assim como é normal ao adquirir ações, é preciso se preparar.

Na última sexta-feira (21), por exemplo, os papéis ordinários da companhia fecharam o dia cotados em R$ 31,79, uma alta de 3,08%. Já os PN terminaram o pregão, com valorização de 2,76%, a R$ 28,28.

E como vai funcionar?

Os investidores de varejo que desejarem adquirir diretamente os papéis devem fazer a reserva dos mesmos na plataforma da sua corretora ou distribuidora até hoje (24). Verifique se ela faz parte do consórcio de distribuição da oferta.

O investimento mínimo na oferta de varejo é de R$ 3 mil e o máximo, de R$ 1 milhão. Para fazer a reserva, basta entrar na plataforma e informar o preço máximo que você está disposto a pagar. Se o valor definido amanhã (25) ficar acima do que você colocou, o pedido é automaticamente cancelado porque não atende aos requisitos mínimos da oferta.

Além de comprar diretamente as ações, os investidores poderão investir indiretamente via fundos FIA-Petrobras. Nessa opção, a aplicação mínima estipulada pela companhia é de R$ 100. Já o valor máximo de adesão é de R$ 1 milhão. No entanto, a companhia não deu mais detalhes sobre o funcionamento desse fundo nem a taxa de administração.

Os papéis ainda serão distribuídos no exterior como American Depositary Shares (ADS).

Preferência e "lock-up"

Os funcionários da Caixa e da Petrobras também poderão participar. Quem se identificar terá preferência para adquirir ações, mas será preciso respeitar o limite de até 2% das ações ofertadas dentro do montante de 24% dos papéis destinados aos investidores pessoa física.

E há outra regra especial. A petroleira estipulou que 4% das ações disponíveis aos investidores de varejo sigam a regra do lock-up. Na prática, isso significa que, por 45 dias, você não poderá vender os papéis que comprar na oferta. Por outro lado, quem aderir ao lock-up terá prioridade na reserva das ações em relação aos demais.

Hora de reservar?

As ações da Petrobras estão entre as mais indicadas pelas corretoras. No caso específico dos papéis ON, são 5 recomendações de compra, 3 de manutenção e nenhuma de venda, de acordo com dados da Bloomberg. Nos últimos 12 meses, as ações acumulam valorização de 80%, quase o dobro do Ibovespa - o principal índice da B3 - no mesmo período. Confira também a nossa cobertura completa de mercados.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Mercadores da noite

Bolsa, dólar e juros subindo: qual dos três está mentindo?

Quando a Bolsa, o dólar e as taxas de juros estão subindo ao mesmo tempo, um dos três está mentindo – qual deles será e o que fazer?

Infraestrutura

Novo marco legal para ferrovias vai a votação no Senado na próxima semana

Legislação promete organizar regras do setor e permitir novos formatos para a atração de investimentos privados

Telecomunicações

Operadoras cobram transparência do governo na definição da tecnologia 5G

Teles se dizem preocupadas com as “incertezas” relativas ao processo, depois de governo sinalizar banimento da chinesa Huawei

Recorde

Estrangeiros põem R$ 30 bilhões na bolsa brasileira em novembro

Trata-se de recorde de entrada de recursos estrangeiros em um mês, impulsionado pela migração de recursos para bolsas emergentes; movimento por aqui, porém, pode ser passageiro

Uber dos ônibus

Justiça proíbe apreensão de ônibus solicitados por aplicativo

Fiscais da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vinham interrompendo viagens de ônibus organizadas por meio de apps como o Buser

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies